Como fazer o seu Grupo de Oração crescer (II)

Qual o segredo para que o Grupo de Oração seja aquilo que deve ser?

Muitos coordenadores desanimam ao ver o Grupo de Oração enfraquecendo e perguntam: "Como fazer meu grupo crescer? Como manter as pessoas fiéis todas as semanas?".

Há, porém, muitos grupos de oração no país tomando posse do que Deus quer, crescendo e testemunhando poderosamente a ação de Deus.

Não há um esquema pronto. A vida de oração, a escuta e a aplicação ousada daquilo que Deus pede é a receita! Por isso a RCC quer levar para todos os Grupos de Oração, algumas dicas preciosas para que eles cresçam - independentemente do número de pessoas - sendo aquilo deve ser: um local de muita unção, graça e manifestação do Espírito Santo!

A inspiração é um Grupo de Oração de Santa Catarina, ambiente de muitas graças que reúne, semanalmente, mais de 1,5 mil pessoas na Igreja São Judas Tadeu, Diocese de Joinville. O coordenador desse Grupo de Oração (em 2007), Sérgio Forte, partilhou as maravilhas que Deus realiza e revelou o motivo do Grupo ser o que é. Com base nessa experiência, o desejo é de espalhar essa graça por todo o país.


1. Esquema ou Vida de Oração?

O maior segredo para que o seu Grupo de Oração esteja realizando a vontade de Deus é a VIDA DE ORAÇÃO. Sem ‘calo no joelho’, não há como fazer o Grupo de Oração crescer. Pois, só a partir da escuta, da fidelidade e da oração, é possível realizar de forma ousada e corajosa aquilo que Deus pede.

Sérgio Forte relatou o que sua equipe de serviço faz, para estar preparada espiritualmente para a missão dentro do Grupo de Oração:

a) Eucaristia (se possível, diária);

b) Confissão (uma vez por mês e perdão mútuo entre os servos);

c) Oração do Rosário, ou ao menos o terço todos os dias;

d) Abastecimento dos servos: Momento em que os servos buscam a força de Deus para suas vidas e se preparam para o dia do Grupo de Oração, quando irão SERVIR!

e) Vigília mensal, e, além disso, numa madrugada por semana, os servos fazem escala de uma hora de oração em suas casas;

f) Intercessão em um dia diferente do Grupo de Oração, e, no dia do Grupo, os servos fazem um forte momento de intercessão. Colocam aos pés de Jesus aquilo que viveram durante o dia, entregando cansaço, problemas e dificuldades.


2. Unidade com a coordenação diocesana

"Não há Grupo de Oração forte sem unidade com a coordenação diocesana e, consequentemente, sem obediência à RCC do Brasil", reforçou o coordenador do São Judas. A RCC Joinville tem desenvolvido um trabalho eficaz com formações específicas em cada Ministério e Escolas Permanentes da Paulo Apóstolo, e, assim como o São Judas, todos os demais Grupos de Oração da Diocese têm sido muito fiéis a isso. A graça acontece a partir da obediência e unidade.


3. Acolhida com amor

Quem vai pela primeira vez ao Grupo de Oração deve ser muito bem acolhido para retornar na próxima semana e, claro, levando mais pessoas! Algumas dicas:

A pessoa nova é convidada a ir para frente logo no início do encontro, com quem a convidou. Essa pessoa é o seu ‘anjo’. O coordenador agradece a nova presença e a acolhe. Sugere-se, então, tocar uma música que a faça ter uma experiência profunda com o amor de Deus; e depois é feita a oração a todos os que estão ali.

A equipe da acolhida abraça cada uma dessas pessoas, transmitindo a força e o amor de Deus, e entrega uma lembrança com a data e também a frase ou algum versículo relacionado à pregação do dia.

Acolher é também perceber quem está indo ao Grupo de Oração e sentir falta dos seus, ir atrás e cuidar do rebanho.


4. Motivação

Muitas vezes, devido à falta de oração, a problemas pessoais, ao cansaço e a tantos outros motivos, os coordenadores e a equipe conduzem o Grupo de Oração com desânimo. Como se isso fosse uma cruz. É preciso motivação: envolver as pessoas com perguntas, criar expectativas com relação à próxima semana, dar os avisos com ânimo e, principalmente, falar' com autoridade toda verdade que precisa ser anunciada! Você fala com motivação, e o Espírito Santo convence!


5. Pregação + Oração

- Muita escuta e obediência a Deus na definição dos temas que serão abordados. O Grupo planeja antecipadamente os temas, em unidade e oração com o núcleo. Temas com continuidade, baseados nos livros da RCC, e também sequência de pregações sobre família atraem muito.

- Tomar cuidado para que a pregação não seja cansativa. O ideal é que ela não passe de 30 minutos, que seja objetiva e, especialmente, querigmática. Após a pregação, é determinante conduzir a oração poderosamente através do Batismo do Espírito Santo!

- Dar valor e tempo para o testemunho! Afinal, ele arrasta! Após o Grupo de Oração, o coordenador não pode esquecer de pedir àqueles que receberam curas e foram tocados que levantem as mãos, dêem testemunho publicamente para os presentes, ou através dos meios de comunicação que o Grupo possui.


6. Meios de Comunicação

Não importa o tamanho do seu Grupo. Use os meios de comunicação e crie um Ministério responsável pela criação dos veículos de comunicação e divulgação. O Grupo de Oração São Judas Tadeu possui um site (www.gruposaojudastadeu.com) com mais de dez mil acessos mensais, panfletos, programa de rádio, adesivos, transmissão ao vivo do Grupo pela Internet, telão, entre outras coisas.


7. Crianças

Se a criança é bem acolhida no Grupo de Oração, ela vai querer voltar e levar seus pais também. Preparar com dedicação o grupo para as crianças, dividindo-as por faixa etária, oferecer segurança e amor é muito importante. Em Joinville, um trabalho feito é a evangelização infantil trabalhada no mesmo tema inspirado por Deus aos adultos.


8. Coragem e Ousadia

A equipe do Grupo de Oração e, principalmente, o coordenador não podem ter medo! Ser corajoso, ousado e principalmente obedecer à vontade de Deus é a principal receita para que seu Grupo de Oração seja aquilo que vocês buscam e principalmente: aquilo que Deus sonha!

Aos coordenadores e aos servos que ainda têm medo e timidez para anunciar o Senhor: "Não digas: Sou apenas uma criança: porquanto irás procurar todos aqueles aos quais te enviar, e a eles dirás o que Eu te ordenar." (Jr 1, 7).


Andréia Jacopetti
Ministério de Comunicação - RCC de Joinville/SC


*Este texto foi extraído do Encarte Reavivando a Chama, da Revista Renovação, publicada na edição nº 44, de maio/junho de 2007.
 


Todas as notícias Formação

RCCShop