Rede Nacional de Intercessão: persista na oração até alcançar a graça

altJesus nos ensinou a perseverança na oração até que nossa causa seja resolvida, ou até sentirmos a doce paz em nosso coração, como prova de que Ele já nos respondeu, mesmo que ainda não tenhamos visto sua resposta absolutamente concretizada, mas apenas um sinal dela.

“Se alguém de vós tiver um amigo e for procurá-lo à meia-noite, e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois um amigo meu acaba de chegar à minha casa, de uma viagem, e não tenho nada para lhe oferecer; e se ele responder lá de dentro: Não me incomodes; a porta já está fechada, meus filhos e eu estamos deitados; não posso levantar-me para te dar os pães; eu vos digo: no caso de não se levantar para lhe dar os pães por ser seu amigo, certamente por causa da sua importunação se levantará e lhe dará quantos pães necessitar. E eu vos digo: pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura, acha; e ao que bater, se lhe abrirá”. (Lc 11, 5-10)

Jesus utiliza a palavra importunação para ilustrar como devem ser as nossas orações. Podemos até imaginar que estamos importunando, mas na verdade, o que Jesus quer enfatizar é que não devemos desistir, mas seguir insistindo com Deus. Não se trata de importunação, mas de regularidade e perseverança na oração.

“Sobre tuas muralhas, Jerusalém, coloquei vigias; nem de dia nem de noite devem calar-se. Vós, que deveis manter desperta a memória do Senhor, não vos concedais descanso algume não o deixeis em paz, até que tenha restabelecido Jerusalém para dela fazer a glória da terra”. (Is 62,6-7)

Quando pedimos ao Senhor não podemos nos desencorajar, mas precisamos continuar pedindo até que recebamos a resposta. Temos que continuar batendo na porta. É isso que Jesus deseja que façamos nas nossas orações: que sejamos persistentes.

A Igreja por um longo tempo orou pela conversão da Rússia. Quando no ano de 1917 Nossa Senhora apareceu em Fátima, ela disse: Vocês precisam orar pela conversão da Rússia. A Igreja rezou por setenta anos, até que em 1987 a Rússia se converteu. Assim também nós precisamos orar sem perder o ânimo. Pode levar um ano, dez anos, vinte anos, mas não podemos perder a esperança.

Lembre-se que Deus é sempre bom. Mas em seu relacionamento conosco Ele só age quando utilizamos o nosso livre arbítrio para pedir especificamente alguma coisa. Embora não podemos dar “ordens” a Deus, podemos e devemos insistir em um pedido até que Deus claramente nos dê a resposta se é do seu agrado atender-nos, ou não. Se mantivermos a perseverança e a fé o Espírito Santo vai nos dar a resposta claramente em nossa mente e assim vamos nos capacitando em ouvir a voz do Senhor para que a nossa oração encontre sempre a Sua vontade e assim, a nossa intercessão será verdadeiramente profética.

Núcleo Nacional do Ministério de Intercessão

 

INTENÇÕES PARA ESTE MÊS

1.    Para que cesse a violência no Brasil e no mundo.

 

2.    Pelo Encontro Nacional de Formação (ENF), 27 a 31/01/16

 

3.    Pela unidade entre todos os membros da RCC do Brasil.

 

4.    Pela Reunião de Oração do Grupo de Oração (pelo pregador, dirigente, músicos e demais servos e pelas pessoas que participam da Reunião de Oração).

 

5.    Pelos Grupos de Oração na Diocese, no Estado e no Brasil.

 

6.    Pelos Ministérios da RCC no seu Grupo de Oração, Diocese, Estado e no Brasil.

 

7.    Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesano, estadual e nacional da RCC.

 

8.    Pelos projetos da RCC na Diocese, no Estado, no Brasil na América Latina e no Mundo.

 

9.    Pelos eventos de evangelização da RCC no seu Grupo de Oração, na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil.

 

10.  Pela Reunião dos Conselhos Diocesano, Estadual e Nacional neste ano.

 

11.  Pelas coordenações do seu Grupo de Oração, da RCC na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil (Coordenadora Nacional: Katia Roldi Zavaris e sua família).

 

12.  Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre, o Papa Francisco, pelo seu Bispo diocesano, pelos Sacerdotes, Diáconos, Religiosos e Religiosas e pelos Seminaristas.

 

13.  Pelas casas de missão da RCCBRASIL e pelos missionários e missionárias.

 

14.  Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores.

 

15.  Para que todos os membros da RCC do Brasil se abram para a moção da Reconstrução.


Leia mais sobre Intercessão