Rede Nacional de Intercessão: A eficácia do rosário na luta contra o maligno

alt

Muitos intercessores e intercessoras da Renovação Carismática Católica do Brasil, bem como muitos outros irmãos e irmãs que não fazem parte do Ministério de Intercessão, estão fortemente empenhados na defesa da nossa Pátria, do santo padre o Papa Francisco, da Santa Igreja e da RCC do Brasil através da meditação diária do Santo Terço na Cruzada Nacional do Rosário.

Nossa Senhora em suas aparições sempre aconselhou a Rezar o Terço todos os dias. Que conselho mais excelente que este? Que criatura mais elevada que a Virgem Santíssima poderia transmiti-lo? Sendo que a própria Mãe de Deus – e também nossa Mãe – nos faz esse pedido, como poderemos recusá-lo? Impossível seria! Atendendo-a, seremos atendidos e alcançaremos todas as graças que suplicarmos com fé e confiança.

Especialmente em Fátima Nossa Senhora recomendou a devoção ao Rosário, e ela insistiu nessa prática como meio para se obter a conversão do mundo. Apresentando-se como a Senhora do Rosário, ela veio alertar o mundo para as terríveis consequências que ocorreriam caso não se desse uma conversão geral; caso os homens não deixassem de ofender a Deus com seus pecados e não houvesse uma reparação por esses pecados.

Isto se passou no início do século XX. Neste início do século XXI, quem se arriscaria a dizer que tais pedidos foram atendidos? Claro que ninguém! Basta olhar um pouco em torno da nossa sociedade, para ver justamente o contrário: a decadência moral acentua-se dia a dia; os Mandamentos de Deus são abandonados; os pecados aumentam; as ofensas a Nosso Senhor tornam-se ainda mais agressivas. Basta abrir os jornais, para constatar a alarmante dissolução da família, as modas imorais, ideologias absurdas, o aborto, a prostituição, as drogas, a corrupção, o homossexualismo etc.

Sabemos o quanto a nossa sociedade, nos dias atuais, carece de oração e de salvação contra toda esta perniciosa ação de hereges que temos observado nos últimos anos em nosso País e no mundo todo. Diante de tantos escândalos e aberrações que vemos nos noticiários e no dia-a-dia das nossas cidades, podemos até criar uma falsa impressão de que a iniquidade está comandando o mundo. No entanto, apesar de todo este avanço do mal que estamos presenciando, sabemos que Deus é o Senhor absoluto de todas as coisas, por isso podemos ter a certeza de que é somente uma questão de tempo para que mais uma vez na História da Humanidade o Bem prevaleça sobre toda iniquidade.

Neste contexto, sempre seremos convocados pelo Senhor para exercermos a nossa missão de batizados, colaborando com Deus na luta contra o mal. Devemos, portanto, responder através do nosso testemunho público no exercício da caridade e na prática da oração suplicante. Sabendo que nesta missão, temos a nosso favor a devoção do Santo Rosário, que se praticada com fé e perseverança alcançará resultados maravilhosos, pois se constitui em uma arma muito eficaz na luta contra o Demônio e seus colaboradores.

Assim afirmou São Luís Maria Grignion de Montfort:  “A Santíssima Virgem revelou ao Bem-aventurado Alain de la Roche que, depois do Santo Sacrifício da Missa, que é o primeiro e mais vivo memorial da Paixão de Jesus Cristo, não havia devoção mais excelente e meritória que o Rosário, que é como que um segundo memorial e representação da vida e da Paixão de Jesus Cristo”.

Assim sendo, depois da Santa Missa o Santo Rosário é a mais poderosa arma de eficácia comprovada contra Satanás e seus sequazes, que procuram perder as almas. É um meio de salvação dos mais poderosos e eficazes que nos foi oferecido pela Divina Providência. O Rosário soluciona inúmeros problemas, assegura a salvação eterna e antecipa a implantação no mundo do Reino do Imaculado Coração de Maria.

Para isso é muito importante sabermos praticar corretamente a meditação do Santo Rosário que é uma conversa com Deus e Nossa Senhora. Enquanto com a voz os louvamos, com a mente meditamos nos sublimes mistérios, pois, sendo o homem composto de corpo e alma, com a boca e com a mente deve glorificar seu Criador. O que equivale ao nosso dito popular: “Não falar só da boca pra fora”, ou seja, sem amor, sem coração, sem meditação.

Claro que tanto mais eficácia terá essa arma quanto com maior devoção a utilizarmos. Assim, evitar rezar o Rosário despachadamente e distraído; procurar recitá-lo piedosamente e com atenção, se possível de joelhos diante do Tabernáculo ou de uma imagem de Nossa Senhora. Pode-se, porém, rezá-lo também sentado ou de pé — até mesmo deitado, em caso de enfermidade, muito cansaço ou outra causa que justifique —, mesmo andando, mas evitando o quanto possível as distrações.

Entretanto, a distração involuntária, mesmo frequente, não invalida o valor da oração. Nunca se deve deixar de rezar o Terço por causa de distrações. Pelo contrário, se temos dificuldade de rezar com perfeição, rezemos ainda mais, para compensar um tanto pela quantidade o que faltou à qualidade. Nosso Senhor elogia no Evangelho a oração insistente.

O demônio inventará artifícios para nos distrair com bobagens, mas precisamos rejeitá-las e concentrar nossa atenção. Se fizermos esforços para rezar bem, ainda que não o consigamos inteiramente, isto já é agradável à Nossa Senhora.

O Rosário quando meditado com devoção e com fé sempre produzirá efeitos maravilhosos, pois como já falamos, ele é uma poderosa arma disponibilizada por Deus a toda a Igreja para a salvação em todos os aspectos da nossa vida.

Em 1945 os americanos lançaram a bomba atômica sobre duas cidades japonesas: Nagasaki e Hiroshima. Nesta última, num raio de um quilômetro e meio do centro da explosão, ficou tudo arrasado e todos os habitantes morreram carbonizados. A casa paroquial, com oito moradores jesuítas, que distava apenas 800 metros da explosão, ficou de pé e os seus moradores ficaram ilesos.

O Pe. Hubert Shiffer era um deles e tinha então 30 anos. Depois viveu mais 33 completamente com saúde e nenhum dos moradores da casa sofreu as consequências da radioatividade. Ele contou a sua experiência no Congresso Eucarístico da Filadélfia (EUA) em 1976. Então todos os membros daquela comunidade ainda viviam.  

O Pe. Shiffer foi examinado e interrogado por mais de 200 cientistas e não puderam explicar como, no meio de milhares de mortos, ele e seus companheiros tinham podido sobreviver. O Pe. Shiffer afirmou que centenas de cientistas e pesquisadores por vários anos continuaram a investigar por que a casa paroquial não foi atingida quando tudo ao redor ficou arrasado. E o padre explicou, dizendo: "Naquela casa se rezava todos os dias, em comum, o Santo Rosário. Por isso, foi protegida por Nossa Senhora".

Diante de tudo isso, queremos continuar motivando todos os intercessores e intercessoras, bem como os demais membros da RCC do Brasil para continuarem perseverando com toda a firmeza na Cruzada Nacional do Rosário. Sobretudo, nestes tempos onde presenciamos tantos sofrimentos causados pelo surgimento de doenças estranhas, de catástrofes naturais impressionantes e da escalada absurda da corrupção nas instituições governamentais do nosso País, fatos estes que nos parecem ser terríveis consequências dos graves pecados e blasfêmias que estão sendo cometidos diariamente na nossa sociedade.

Porém, a nossa maior motivação não se concentra nestes fatos negativos, mas nos sinais concretos das respostas de Deus às nossas orações. Por exemplo, a eficácia tão impressionante jamais vista no Brasil no combate a corrupção, na vitalidade da RCC do Brasil, na busca cada vez mais crescente do nosso povo pela oração, bem como, nos sinais maravilhosos do pontificado do Papa Francisco que estão iluminando toda a humanidade.

Permaneçamos firmes e perseverantes nesta missão, pois em muito breve o Imaculado Coração de Maria triunfará!

Você pode se cadastrar na Cruzada Nacional do Rosário através deste link: https://docs.google.com/forms/d/13T29MRYdPuhWJDH86DWA-SRnWOLQuhQmcDLROiYrP8w/viewform

 

Que Deus nos abençoe!

 

Núcleo Nacional do Ministério de Intercessão

 

INTENÇÕES PARA ESTE MÊS

1.    Para que cesse a violência no Brasil e no mundo.

2.    Pela erradicação dos vírus causadores da Dengue, Zika e Chikungunya .

3.    Pela unidade entre todos os membros da RCC do Brasil.

4.    Pela Reunião de Oração do Grupo de Oração (pelo pregador, dirigente, músicos e demais servos e pelas pessoas que participam da Reunião de Oração).

5.    Pelos Grupos de Oração na Diocese, no Estado e no Brasil.

6.    Pelos Ministérios da RCC no seu Grupo de Oração, Diocese, Estado e no Brasil.

7.    Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesano, estadual e nacional da RCC.

8.    Pelos projetos da RCC na Diocese, no Estado, no Brasil na América Latina e no Mundo.

9.    Pelos eventos de evangelização da RCC no seu Grupo de Oração, na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil.

10.  Pela Reunião dos Conselhos Diocesano, Estadual e Nacional neste ano.

11.  Pelas coordenações do seu Grupo de Oração, da RCC na sua Diocese, no seu Estado e no Brasil (Coordenadora Nacional: Katia Roldi Zavaris e sua família).

12.  Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre, o Papa Francisco, pelo seu Bispo diocesano, pelos Sacerdotes, Diáconos, Religiosos e Religiosas e pelos Seminaristas.

13.  Pelas casas de missão da RCCBRASIL e pelos missionários e missionárias.

14.  Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores.

15.  Para que todos os membros da RCC do Brasil se abram para a moção da Reconstrução.


Leia mais sobre Intercessão

RCCShop