Conversa com a Virgem de Nazaré: "Ladainha para o Círio"

alt

Senhora de Nazaré, Mãe de Deus e nossa Mãe, aqui estão os teus devotos, vindos de tantos recantos, trazendo os corações cheios de esperança, aquela esperança que é fruto de nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Nós te agradecemos pela imensa multidão que acorre ao Círio de Nazaré, atraídos que somos pela pequena grande imagem, na qual a Mãe é retratada e o Filho amado apresentado como presente precioso para todos, no afago do colo carinhoso, para que todos o acolham como Senhor e Salvador. Nós te agradecemos pela imensa caridade com que ofereces Jesus ao mundo e a todos os homens e mulheres que te fazem festa no Círio de Nazaré.

Senhora de Nazaré, em ti se unem a Anunciação, a Cruz, a Ressurreição e o Pentecostes! Na manhã do Pentecostes, presidiste na prece o início da Evangelização, sob a ação do Espírito Santo. Maria, Estrela da Manhã do dia sem ocaso, sê para nós a Estrela da Evangelização1 sempre renovada, que a Igreja, obediente ao mandato do Senhor, deve promover e realizar, sobretudo nestes tempos difíceis, mas cheios de esperança! Guardaste num coração bom e puro a Palavra de Deus, Senhora da Luz, Senhora das Candeias, e és sinal para todas a gerações que te proclamam bendita, a fim que a luz do Evangelho resplandeça por toda parte.

Senhora de Nazaré, Santa Maria Mãe de Deus, Mãe de Jesus Cristo, Mãe da Divina Graça, Mãe do Salvador, Mãe da Igreja. Aqui estamos porque precisamos de Mãe! Nossa geração clama por afeto, ternura, firmeza e força, do modo como as mães podem oferecer. Nós nos tornamos, pelas aventuras e desventuras da vida, homens e mulheres desgarrados, perdidos nas muitas noites tristes do pecado e da violência. Temos necessidade de reencontrar o caminho de Nazaré, a casa da Sagrada Família, para que ela seja modelo para as pessoas e as famílias. Os homens sejam parecidos com José, os filhos com Jesus e as mães sejam como a Mãe de Nazaré!

Senhora de Nazaré, Virgem Maria, Virgem prudentíssima, venerável, louvável, clemente e fiel! Tu guardaste sempre a integridade da fé, a integridade do corpo e da alma! Em ti contemplamos o chamado à pureza de vida, para crianças, adolescentes, jovens, adultos, casais, pessoas consagradas, homens e mulheres criados à imagem de semelhança de Deus. Sabemos o quanto é exigente e difícil, em nosso tempo, falar de castidade, virgindade, pureza, fidelidade. Contigo, Mãe puríssima, temos coragem para caminhar contra a correnteza. Nós agradecemos contigo a Deus que suscita o sonho da pureza em tantos jovens, cansados da torrente de erotismo e pornografia que povoa nosso horizonte. Faze com que, neste Círio de Nazaré, o sonho se espalhe e envolva muitas pessoas! Faze-nos caminhar para sermos parecidos com Jesus, o mais belo dos filhos dos homens, aquele que fez bem todas as coisas!2

Senhora de Nazaré, Saúde dos Enfermos! Participando de modo admirável no mistério do sofrimento, tu brilhas aos olhos dos enfermos que imploram teu auxílio3, como sinal de salvação e celeste esperança. Socorre, Mãe e Saúde dos enfermos, os filhos e filhas que estão aflitos pelas enfermidades e todos os doentes que buscam a graça de Deus neste Círio, a fim que se identifiquem plenamente com Cristo, que tomou sobre si as nossas dores.

Senhora de Nazaré, Refúgio dos Pecadores, Mãe de Misericórdia! Contemplamos a multidão de mãos elevadas no Círio de Nazaré, pessoas desejosas de se refugiarem debaixo de teu manto e de tua proteção, sejam quais forem as fraquezas, delitos ou pecados. Tu és a cidade fortificada para todos que te procuram, pois tu falas por nós, não rejeitas os pecadores e estendes a mão que arranca do fundo do desespero. Leva-nos contigo para estarmos confiantes, de pé, aos pés da Cruz de Cristo que nos amou até o fim!4

Senhora de Nazaré, Consoladora dos aflitos! Tu recebeste com alegria o consolador do mundo, Jesus Cristo. Junto da Cruz de teu Filho, suportaste dores atrozes e foste consolada em sua Ressurreição. Com os Apóstolos, no Cenáculo, pediste insistentemente o Espírito da Consolação e da Paz. Agora, elevada ao Céu, consolas com amor materno todos os que te invocam, até que brilhe o dia glorioso do Senhor!5 Com carinho materno, enxuga as lágrimas, consola os que estão desesperados, pede a Jesus as forças necessárias para todos que estão esmagados pelo peso das agruras da vida!

Senhora de Nazaré, Auxílio dos Cristãos! Auxiliadora! Nós te agradecemos pelo auxílio que ofereces sempre à Igreja. Que com a tua segura proteção, o povo cristão trave a luta da fé com intrepidez, permaneça firme na doutrina dos Apóstolos, caminhe seguro entre as tempestades do mundo, até chegar à Cidade Celeste.6

Senhora de Nazaré, Rainha dos Anjos, dos Patriarcas, dos Profetas e dos Apóstolos! Rainha dos Mártires, dos Confessores, das Virgens e de todos os Santos! Rainha concebida sem pecado original, Rainha Assunta ao Céu, Rainha do Santo Rosário, Rainha da Paz! Terminada a tua vida terrestre, foste levada em corpo e alma para a glória celeste, e exaltada como Rainha dos anjos, dos santos e dos homens, para mais te assemelhares ao teu Filho, Senhor dos senhores e vencedor do pecado e da morte.7 Tu és rainha pela tua humildade, pela missão materna que te foi confiada, pela intercessão suplicante e porque és sinal da glória futura da Igreja. E és Rainha da Paz, por seres Mãe do Príncipe da Paz. Pede a Deus por nós e por nosso mundo, para que venha a tranquilidade aos nossos tempos, para na paz formarmos uma só família e permanecermos unidos no amor fraterno. Que o Príncipe da Paz, teu Filho e Nosso Senhor Jesus Cristo arranque as raízes do egoísmo que espalham a violência e a corrupção, aproxime as pessoas, teça cordas de amor para uni-las como irmãos e irmãs. Amém!

 

 

1 Evangelli Nuntiandi, 82

2 Cf. Mc 7,37

3 Prefácio da Missa de Maria, Saúde dos Enfermos

4 Cf. Jo 13,1

5 Prefácio da Missa da Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Consolação

6 Prefácio da Missa da Bem-aventurada Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos

7 Cf. Missa da Bem-aventurada Virgem Maria, Rainha do Universo

 

Foto: Thiago Gomes / Fotos Públicas (07/10/2016)

 

alt

 

 
Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo de Belém do Pará
Assessor Eclesiástico da RCCBRASIL

 

 


Leia mais sobre Artigos