Renovação Carismática Católica do Paraná celebra Congresso Estadual Jubilar

alt

Um Novo Pentecostes! Mais de três mil carismáticos das 18 dioceses do Estado do Paraná celebraram o Congresso Estadual Jubilar, de 8 a 10 de setembro, em Arapongas, diocese de Apucarana. “Arapongas tornou-se Jerusalém para nós. O Centro de Eventos Expoara, tornou-se nosso Cenáculo!”, afirmou Maria Ivone Ferreira Ranieri, presidente do Conselho Estadual da RCC-PR. A cidade foi escolhida a partir de um direcionamento do Senhor Jesus. Apontando o marco do Trópico de Capricórnio, que cruza o município, Jesus indicava que o Congresso Jubilar seria um marco, um registro importante na história da RCC-PR.

Na sexta-feira (08) um momento especial com o padre Eduardo Dougherty registrou a homenagem aos pioneiros da RCC em nosso país. Nossa coordenadora estadual realizou uma entrevista, com resgate de pontos históricos da vida de padre Eduardo, como o Programa Anunciamos Jesus, o Livro de Cantos Louvemos o Senhor e a fundação da TV Século XXI. Padre Eduardo ainda convocou os jovens a produzirem vídeos de evangelização e postarem nas redes sociais. “É essa a ousadia que o Espírito Santo espera desta geração!”, afirmou o sacerdote.

Ainda no primeiro dia do Congresso, Irmã Zélia, da Copiosa Redenção, pregou sobre o Batismo no Espírito Santo. O coordenador do Projeto Semeando a Vida no Espírito, Luiz César Martins, ministrou pregação sobre o Espírito Deus, que dá a vida. O pregador Bruno Maffi, da arquidiocese de Londrina, pregou sobre a unidade na RCC, convocando os servos ao perdão e à acolhida dos que se desviaram ao longo da caminhada. A celebração Eucarística deste dia foi presidida por dom Celso Marchiori, bispo da diocese de Apucarana. Um Grupo de Oração Jubilar encerrou o dia, com a pregação do coordenador estadual da pregação no Paraná, Edson Oliveira, que incentivou os servos a oferecerem mesmo que o “restinho” de suas forças, pois o Espírito Santo completaria a obra.

No sábado (09) um momento profético com a entrada da imagem da Virgem consagrou as instâncias políticas, judiciais e eclesiais do Estado. As demais pregações foram por conta do coordenador da Comissão Teológica da RCCBRASIL, João Cláudio Rufino. A Santa Missa deste dia foi presidida pelo arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz.

A noite do sábado foi dedicada à Celebração Jubilar, com a presença de vários ícones da RCC-PR, como Alfredo Alves, autor da música O Senhor é Rei. Também ministraram cantores como a fundadora da Comunidade Milagre Eucarístico, Irmã Inez e os ganhadores do concurso internacional da música do Jubileu dos 50 anos da RCC no mundo, Thiago e Adriely Lopes, com a canção Mãe de Pentecostes. Foram feitas homenagens aos servos que coordenaram a RCC-PR nos anos anteriores e homenagem póstuma ao arcebispo emérito de Londrina, dom Albano Cavallin, falecido em fevereiro deste ano. Sua abertura à RCC e intercessão por ela, na CNBB, justificava o momento.

No domingo (10), durante momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, os jovens se achegaram espontaneamente ao palco e houve uma oração pelas novas gerações, pedindo ao Senhor que restituísse a firmeza em abraçar a fé e em recusar a forma do mundo.

O Ministério de Música do evento, formado por lideranças de várias dioceses, motivou a canção Brilhará, de Walmir Alencar, ministrando que a glória do Senhor brilhará “também no Paraná”. A missa de encerramento foi presidida pelo assessor eclesiástico da RCC da Arquidiocese de Londrina, padre Marcelo Gomes. O Congresso terminou com grande júbilo, os participantes testemunharam que o Congresso de Ouro foi um momento único, dias inesquecíveis e de graça abundante.

 

 

Fonte: Ministério de Comunicação Social da RCC do Paraná

 

 


Leia mais sobre Eventos Estaduais