Religiosas se reúnem em Minas Gerais para clamarem um Reavivamento

alt

Cerca de 40 religiosas de 11 congregações diferentes estão reunidas desde a última segunda-feira (25) para o Retiro Nacional do Ministério para as Religiosas, que acontece até amanhã (29) no Centro de Formação Religiosa (CEFLA), em Juiz de Fora (MG).

No primeiro dia (25), as participantes foram acolhidas pelo Ministério Jovem local, que recepcionou com muita música e dança às religiosas, seguido de um jantar esponsal. A terça-feira (26) foi marcada por uma noite mariana carismática e adoração ao Santíssimo Sacramento. A quarta-feira foi um dia penitencial com jejum, adoração e confissão. A noite aconteceu o Grupo de Oração Magnificat, um reavivar dos dons e carismas. A manhã de quinta-feira (28) foi iniciada com a celebração da Santa Missa de renovação dos votos.alt

O encontro tem como tema o trecho do Evangelho meditado por todo o Movimento em 2017: “O Espírito Santo descerá sobre ti” (Lc 1,35). Ainda na mesma passagem bíblica, as religiosas também estão meditando o versículo 39, “...e Maria partiu apressadamente”, destacando a missionariedade da vida consagrada. A coordenadora nacional do Ministério, Madre Viviane do Sagrado Coração de Jesus Sacerdote, Ob.C., explica que o retiro nacional é um momento propício e favorável de reavivamento, renovação da vida consagrada e convivência fraterna. “Estamos vivendo nestes dias um reavivar dos dons e carismas do Espírito Santo, um novo despertar apostólico e missionário de nossa consagração na Igreja e a experiência forte de comunhão e unidade entre os carismas”, partilhou a madre.                       

O pregador do retiro é Dom Adair Guimarães, bispo da diocese de Rubiataba Mozarlândia (GO) que, como partilhou a coordenadora do Ministério, pela sua presença, conduz as participantes a experimentarem a força da providência e do amor misericordioso do Senhor.

Ainda nesta quinta, haverá uma noite carismática nas ruas de Juiz de Fora, uma grande novidade desta edição do retiro. A moção do Espírito para esse momento – conta Madre Viviane— é que as irmãs testemunhem o dom da consagração e da unidade e, como Maria, partam apressadamente para levar o divino Amor a todos aqueles necessitados. “A moção é deixar um sinal concreto do Ministério para a diocese e, também, ser um forte apelo vocacional”.     

alt                  

 


Leia mais sobre Eventos nacionais