Os arquivos de javascript não puderam ser carregados.
logo
Olá seja bem-vindo! | Domingo, 25 de Outubro de 2020
 

/ Intercessão /



Publicado no dia 00/00/0000 | 17:21:17

A intercessão como combate III


REDE NACIONAL DE INTERCESSÃO
LEVANTA-TE, BRASIL, DE JOELHOS!


“Tomai, portanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis, no cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingido com verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça, e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai enfim o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus”. (Ef 6,10-12)

Uma das ferramentas que utilizamos no combate espiritual é a armadura do Cristão, porém o uso da armadura não é algo automático ou mecânico, nem tem efeito apenas como repetição de chavões. O que nos protege na batalha não são “fórmulas” de oração, mas atitudes de fé, a armadura do Cristão deve ser vestida com atitudes, aí ela se torna arma de defesa e de ataque, a saber:
O cinturão da verdade: os hebreus do tempo de Jesus acreditavam que os rins eram a sede (lugar) dos sentimentos. Portanto, cingir os rins com a verdade significa ter sentimentos verdadeiros e deixar que o Espírito Santo venha disciplinar aqueles que não vem de Deus.
A couraça da justiça: a couraça servia para proteger os órgãos vitais, como o pulmão, coração e o sistema digestivo, nosso “coração” deve estar protegido das paixões e impurezas, os “pulmões”, inspirando o sopro do Espírito e devemos nos alimentar da Palavra de Deus. Ser justo é agir buscando fazer a vontade de Deus em tudo.
Os pés calçados para anunciar o evangelho da Paz: proclamar o evangelho não significa somente ser um grande pregador, mas principalmente, por estar calçado, estar apto em qualquer lugar e situação para ser testemunho vivo da Palavra e intercessor de todos os missionários.
O escudo da fé, para apagar os dardos inflamados do maligno: como arma de defesa, é pela fé que o servo intercessor irá defender os pontos fracos que o inimigo tentar bombardear com seus dardos. A fé que crê, que espera e que confia, faz com que cresçamos na vida espiritual não dando importância para palavras de derrota e desânimo.
O capacete da salvação: Hoje em dia sabemos que o cérebro é o lugar que comanda todo o corpo, portanto ela deve estar protegida. Nossos pensamentos devem conter a convicção da Salvação conquistada por Jesus Cristo. Uma mente renovada pelo Espírito Santo resiste as acusações e mentiras do inimigo.
A espada do Espírito, isto é a Palavra de Deus: arma de ataque, a Palavra de Deus, é a principal arma para enfrentar o inimigo. Deus sustenta o Universo pelo poder de sua Palavra (Hb 1,3). O intercessor deve ter intimidade com a Palavra de Deus e saber manuseá-la como Jesus fez quando foi tentado no deserto.
Reflexão Pessoal: Exercite orar na armadura do Cristão, procurando meditar em cada frase para que seja verdadeiramente revestido para a batalha.

Neste mês mariano, ao rezarmos o terço/rosário coloquemos como intenção o Santo Padre o Papa Bento XVI, sua missão e direcionamentos que o Espírito Santo lhe der.

Atenção: Nos aproximando da Solenidade de Pentecostes, possamos aproveitar o projeto Celebrando Pentecostes e realizar momentos de profunda oração e pedido da Efusão do Espírito Santo para toda a igreja, através da novena “Celebrando Pentecostes”. (detalhes no site: www.rccbrasil.org.br/antigo/ ou na revista Renovação).

Intenções Permanentes

• Pelos Bispos, sacerdotes, diáconos e religiosos (as), para que vivam intensamente o chamado de Deus, conduzidos pelo Espírito Santo. Para que os seminaristas, neste período de formação, sintam seu chamado confirmado;
• Pelos poderes executivo, legislativo e judiciário, para que objetivem os valores cristãos e de respeito à vida desde sua concepção, nas tomadas de decisão;
• Pelos governantes das nações, para que pela Sabedoria de Deus possam governar, promovendo uma justiça social e assim reine a Paz no mundo;
• Pelo novo presidente da Renovação Carismática Católica: Marcos Volcan. Pela unidade da RCC em todo Brasil, nos grupos de oração, equipes de serviço e núcleos, equipes diocesanas, conselhos estaduais e Conselho Nacional.
• Pelo projeto do Centro de Formação Carismático, terreno e arrecadação para o mesmo.
• Pelos Grupos de Oração e Comunidades Carismáticas de brasileiros radicados nos Estados Unidos e em outros países, para que o Senhor os conduza constantemente à comunhão e à unidade com todas as expressões de Igreja.
• Pelos preparativos do XXIV Congresso Nacional, para que o Senhor conceda a todos os envolvidos disposição frente aos desafios e gozo no servir.

Intenções do Mês

(coloque as intenções locais)
Este texto e o de meses anteriores encontram-se na página da RCC na internet: www.rccbrasil.org.br



Escritório Nacional da RCC
Cadastre-se, enviando seu nome e endereço completo para: rccbrasil@rccbrasil.org.br
Tel.(0xx15) 3211-3339

Coordenador Nacional do Ministério de Intercessão:
Vicente G. de Souza Neto - Casa de Marta e Maria(RJ)
martmari@terra.com.br
Tel.: (0xx21)2234-1330


 










RCC Brasil 2005-2010 © Todos os direitos reservados  -  Escritório Administrativo da RCC do Brasil