Skip to main content
Promova momentos formativos com os servos usando videoconferências

Promova momentos de partilha com os servos usando videoconferências

A proximidade física com os irmãos não tem sido possível devido às medidas de isolamento social. Porém, o que não podemos deixar de lado são nossos encontros, ainda que virtuais. O povo de Deus sente necessidade de espiritualidade, de vida fraterna e sobretudo de partilha.

É preciso incluir no nosso planejamento de quarentena uma espécie de cronograma de partilha que ajude seu Grupo de Oração a passar por este momento mantendo acesa a chama da fé. Partilhar sobre a Palavra de Deus, a devoção mariana, a vida sacramental,  a espiritualidade carismática, entre outros, são temas que podem auxiliar os participantes a renovar sua vida de oração e seu ardor evangelizador.

Confira algumas dicas que podem ajudar você na hora de promover esses momentos.

Crie um calendário de partilhas de curto prazo

A partir das sugestões dadas, e obviamente das necessidades que os Coordenadores identificam no Grupo de Oração, é interessante pensar um calendário de partilhas. Algo que contemple um tema semanal e que possibilite um aprofundamento espiritual no tempo posterior. Por exemplo: na terça-feira à noite fica marcada a partilha sobre a Palavra de Deus. Daí é interessante que se crie um roteiro de aprofundamento bíblico para ser usado ao longo da semana até a próxima reunião de formação.

Utilize a plataforma mais adequada para sua realidade

Com a quarentena, diversas empresas digitais que trabalham com plataformas de videoconferência colocaram à disposição serviços para reuniões online, inclusive gratuitas. Vale a pena pesquisar e definir a que mais se adequa a sua realidade, e que seja mais acessível para todos. Sugestões de plataformas: Zoom, Google Hangouts, Whereby.

Planeje bem as reuniões

É preciso entender que reuniões online não podem ser semelhantes a reuniões presenciais. Elabore uma conversa mais dinâmica, explore elementos visuais – crie slides, por exemplo. Em algumas plataformas é possível compartilhá-los de forma sincronizada (compartilhar tela) enquanto você apresenta. Tente gesticular mais, traga exemplos para que fique mais ilustrativo ao conteúdo que está passando.

No presencial a proximidade e o relacionamento humano é um pilar importante dos nossos Grupos de Oração. Aqui será preciso construir um meio de relacionamento via perguntas e respostas, chats, comentários, entre outros. Basicamente, as reuniões de partilha podem contar com um roteiro que traga:

–       Invocação ao Espírito Santo

–       Introdução ao tema

–       Partilha sobre o assunto e experiência pessoal

–       Apresentação do itinerário semanal

–       Avisos

Cada coordenador poderá adaptar esse processo à sua realidade, de modo que os irmãos se sintam mais próximos e acolhidos mesmo estando em suas casas.

Divulgue de forma personalizada

Com tudo previamente planejado, é hora de divulgar para os membros do Grupo de Oração. Vale a pena usar as redes sociais para uma divulgação mais abrangente, assim como o envio mais personalizado, seja através de aplicativos de mensagem ou uma ligação. Aqui a proximidade dos coordenadores precisa ser ainda mais evidente, para que as ovelhas se sintam amadas e próximas.

Na hora da videoconferência

É importante que você vá para o momento de partilha certo de estar indo para um encontro fraterno. Ali estarão os irmãos do Grupo de Oração, ainda que de modo virtual. Portanto, seja o mais natural possível. Você se preparou com antecedência e está cheio do Espírito Santo. É natural o nervosismo, mas com autocontrole e confiança no Espírito Santo será possível superá-lo. Olhe atentamente para câmera quando estiver falando, procurando sempre se dirigir de modo pessoal.

Separe um ambiente silencioso e com boa iluminação. Cuidado com os ruídos e barulhos externos, que vêm da rua. Tenha também em suas mãos fones de ouvido para ajudar a falar e ouvir melhor.

Seguindo essas dicas e as moções do Espírito, muito o Senhor poderá falar para seu povo.