Ave Maria!

alt

Exatamente nove meses antes do santo natal, a igreja celebra no dia 25 de março, a solenidade da Anunciação do Arcanjo Gabriel à Virgem Maria. O “Fiat” de Maria. Entretanto, como neste ano a data coincidiu com o Domingo de Ramos, foi transferida para o primeiro dia após o Domingo da Misericórdia, ou seja, hoje,  9 de abril.O “Sim” por excelência! Tudo acontece na pequena cidade de Nazaré, segundo a narração do Evangelista Lucas no capítulo 1. Maria era prometida a José, um carpinteiro, descendente da casa real de Davi.
 
O Arcanjo Gabriel aparece e anuncia a chegada do Salvador. Maria muito jovem, se assusta diante de tal visita celeste e fala da sua condição de castidade que lhe fazia, até então, impossibilitada de gerar filhos, pois ainda não havia se casado.
No entanto, Deus na sua infinita bondade e em sua soberana escolha, fala através do seu mensageiro, de sua predileção pela jovem e com sua Proteção Onipotente lhe concede a santa maternidade de seu Filho Unigênito, pela ação poderosa do Espírito Santo!
 
Sim! O Espírito Santo desceu sobre Maria e a força do Deus Altíssimo a envolveu! E ela responde a este grande chamado. Se faz a serva das servas. A escrava do Senhor!
Santo Ambrósio nos ajuda a compreender este olhar da Santíssima Trindade à Nossa Senhora, quando nos diz, “Com razão, só Ela é chamada cheia de graça, porque só Ela conseguiu a graça que nenhuma outra merecera, a de ser cheia do Autor da graça”.
 
O lindo diálogo do anúncio da encarnação do Senhor nos dá a primeira parte da oração da Ave Maria, rezada por primeiro pelo Arcanjo Gabriel.
Por isso, devemos rezar com devoção e gratidão, essa tão nobre saudação, recorrendo à intercessão D’Aquela que não hesitou em servir a Deus, em submeter sua vida a vontade Dele com alegria.
“Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco!”
 
Este santo anúncio ecoa durante os séculos, ano após ano, onde recordamos este grande acontecimento do Amor do Pai para com a humanidade.
É uma honra para nós celebrarmos esta data festiva da Anunciação, memória do grande dia, em que Cristo se fez nosso irmão e nos fez herdeiros dos tesouros celestes por meio do sim de sua amadíssima Mãe, que em seguida da visita do céu em sua casa, põe-se a servir sua prima Isabel também grávida e seguindo a tradição dos profetas, entoa um canto de louvor às maravilhas de Deus, o Magníficat, sendo a encarnação de Jesus, a maior delas.
 
“E o verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14a).
 A promessa se cumpre! Jesus, o Messias, veio morar entre nós! Aleluia!
Nossa Senhora da Anunciação, rogai por nós!
 
Luciana Neves
Grupo de Oração Água Viva
Presidente do Conselho Estadual da RCC Santa Catarina


Leia mais sobre Especial