A Importância do Ciclo Carismático para o Intercessor

alt

Um relacionamento de intimidade entre Deus e o homem através da oração, certamente acontece quando se aprendeu a sintonizar o ouvido com o coração de Deus, de onde se emana a revelação da Sua vontade. Este é um desafio que deve ser conquistado por todos que buscam ser conduzidos pelo Espírito Santo, se colocar em permanente escuta, pois o Espírito Santo deseja dirigir, orientar nossas vidas. Encontramos em I Samuel 3, 4-10 um belo relato bíblico no qual o sacerdote Heli orienta Samuel a escutar a voz de Deus.

É sempre iniciativa de Deus revelar-se a nós, para caminharmos sustentados em Sua vontade, para isto precisamos nos manter em constante oração para discernir qual a direção a seguir, qual a vontade de Deus para esta ou aquela situação de nossa vida. Esta é uma das características da Renovação Carismática Católica: estar continuamente a escuta do Espírito Santo. Em nosso Movimento, não apresentamos a Deus os nossos projetos para que sejam abençoados, ao contrário disto, perguntamos a Deus quais são os Seus projetos.

Ao nos colocarmos em oração, devemos ter a certeza que Deus deseja responder-nos. No entanto, precisamos aprender a silenciar. Para isso, devemos acalmar nossos pensamentos, ansiedades, a fim de estarmos disponíveis ao Espírito Santo para inspirar a vontade de Deus.

Para ouvirmos a voz de Deus, é preciso cultivar em nossa oração pessoal e nas reuniões da intercessão momentos de silêncio, que são extremamente importantes e fecundos, pois é no silêncio que o Espírito Santo irá falar conosco em profecia, e nos dar o direcionamento na condução da oração.

Para nos preparar interiormente para ouvir a voz de Deus é importante que ocorra o ciclo carismático dentro dos grupos deintercessão. O ciclo carismático é um processo utilizado na RCC, que prepara o interior da pessoa para escutar o Senhor, por isso, devemos sempre utilizar o ciclo carismático na intercessão. Por essa razão, na formação do Ministério de Intercessão, na apostila de Intercessão Profética, o intercessor é instruído neste assunto.  Além disso, para que o Ciclo Carismático seja praticado na intercessão de forma genuína e natural, é preciso haver um resgate da genuína Identidade da RCC (a vivência do Batismo no Espírito Santo com todas as consequências), na vida pessoal do intercessor como orienta São Paulo a Timóteo: Reaviva a chama do Dom de Deus que há em ti (II Tm 1,6).

Para isso, o intercessor deve sempre voltar à “Nascente das Águas” que é Jesus; voltar à oração pessoal com fidelidade, retomar a intimidade fecunda com Deus, pedir a Jesus todos os dias: dá-me de beber, dá-me desta água para eu não voltar a ter sede. A partir deste Batismo no Espírito Santo diário na vida do intercessor, continuaremos a “ter a força do Alto”, voltaremos a praticar naturalmente – e não forçosamente como uma engrenagem mal lubrificada – os carismas durante a intercessão. Desta forma, alcançaremos uma visão muito mais ampliada e a nossa intercessão atingirá o objetivo desejado por Deus: ser uma intercessão verdadeiramente profética.

 

 

Núcleo Nacional do Ministério da Intercessão

 

 

 

REDE NACIONAL DE INTERCESSÃO – JUNHO – 2018

 

INTENÇÕES PERMANENTES

1.  Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre, o Papa Francisco, pelos Bispos, pelos Sacerdotes, Diáconos, Religiosos (as) e pelos Seminaristas;

2.  Por todas as vocações, para que o chamado de Deus seja assumido com amor e fidelidade.

3.  Pelo ICCRS (Serviço Internacional da Renovação Carismática Católica) e seus membros;

4.  Pelo CONCCLAT (Conselho Católico Carismático Latino Americano) e seus membros;

5.  Pela Presidência do Conselho Nacional, Katia Roldi Zavaris e sua família, e todos os membros do Conselho Nacional;

6.  Pelas reuniões dos Conselhos Estaduais e Diocesanos;

7.  Por todos os Grupos de Oração do Brasil;

8.  Por todos os Ministérios da RCC em nível nacional, estadual, diocesano e de Grupo de Oração;

9.  Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesanos, estaduais e nacional da RCC;

10.  Pelas casas de missão da RCCBRASIL no Marajó e pelos missionários e missionárias;

11.  Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores;

12.  Pelos eventos de evangelização da RCC no Brasil;

13.  Pela missão de Gilberto Gomes Barbosa à frente da Presidência Internacional da Fraternidade Católica – FRATER (Novas Comunidades);

14.  Pela missão de Aluísio Nóbrega à frente da Presidência Nacional da Fraternidade Católica;

15.  Pela situação política, econômica e moral em nosso País;

16.  Para que cesse a violência no Brasil e no mundo;

17.  Pela erradicação dos vírus causadores da Febre Amarela, Dengue, Zika e Chikungunya.

 

INTENÇÃO DO MÊS

Pelo Retiro Nacional para Ministros Ordenados de 10 a 13 de julho em Aparecida/SP.


Leia mais sobre Rede Nacional de Intercessão