O carisma de intercessão presente na comunidade

alt

“Pedro era vigiado na prisão, mas a oração fervorosa da Igreja subia continuamente até Deus, intercedendo em favor dele.” (At 12, 5)

 

Falaremos de um indicativo importante para todos aqueles que conhecem Jesus Cristo e permitem ser morada do Espírito Santo; do Norte, da afiadora da flecha certeira, sem ela não somos capazes do alvo acertar, ou até mesmo prestar real serviço a Deus, falo da oração; fato evidente que sem oração não produzimos ações como frutos para o Reino de Deus.

Como cristãos marcados e pertencentes à família de Cristo pelo Sacramento do Batismo, somos membros frágeis da Igreja Santa, somo a Igreja orante. Somos chamados a interceder, a assumirmos a vida de oração e a completar com o nosso testemunho o corpo orante da Igreja. Realmente todos são chamados, porém, os escolhidos são aqueles que abrem o coração, que dizem “Sim” para o exercício da missão de orar pelas necessidades presentes, os mesmos que com sensibilidade e percepção adentram e se fazem conhecidas as intenções do Coração de Jesus. Eis os discípulos amados que encostam seus ouvidos no coração do mestre e amigo: Jesus Cristo.

Na Palavra mencionada acima temos o relato das consequências vividas pelo apóstolo Pedro por assumir a verdade de Cristo, e ao mesmo tempo temos pelo mover do Espírito a ação da Igreja mediante ao fato e o sofrimento presente. A Palavra mesmo menciona: “a oração fervorosa da Igreja subia continuamente até Deus, intercedendo em favor dele” (At 12. 5b). Representa aí a descrição da Igreja não estrutura física, mas, uma Igreja corpo de Cristo, pessoas, membros, ou sendo mais claro: intercessores; que se colocaram em oração de intercessão por um dos seus que no momento precisou (...). E quando digo intercessores, falo de toda a Igreja que intercede a favor da causa, que unidos em oração buscam a vitória em meio ao combate.

Caminhemos em passos firmes agora, e nos adequemos para o entendimento de que o carisma de intercessão é pertencente à Igreja, se nela estou e atuo também sou agraciado por este, se nela estou em unidade e concórdia o meu clamor também corresponde ao clamor de toda a comunidade. Temos uma Igreja Infalível pelo mover do Espírito Santo, geradora do povo de Israel, conhecedora da graça de Deus desde a libertação no Egito para a terra prometida (Ex 14, 16ss), testemunha da onipotência que nasce do trono celeste. Igreja esta que detém o cajado, o poder da oração em mãos e faz abrir o mar e as portas que aprisionam a verdade.

O que Deus quer primeiro do intercessor é que esse esteja completamente com Ele, que tenha um coração completo Nele: “Eis que estou à porta e bato” (Ap 3,20). Um coração unido a Ele, o coração marcado pelos passos de Jesus. Fazer parte da Igreja, assumir o carisma de vida de oração, compor os membros é tomar posse da graça da oração da Igreja. O apóstolo Pedro mesmo estando em outro local (prisão) recebeu os benefícios da Igreja reunida, porque ele era parte de todo o corpo. E a resposta da intercessão foi a libertação de Pedro. Concluir isso é recompensador para os “calos” dos joelhos de cada membro que ora a favor das diversas causas apresentadas na Igreja atual.

Ointercessor é aquele que submetido ao Espírito Santo acredita nos desígnios de Deus, aquele que ora e confia que a partir da oração algo será mudado. Enquanto Pedro estava preso, a Igreja orava com fervor e, a partir dessa oração que chega até o Senhor o céu se abre e o Senhor envia o seu anjo para libertá-lo do cativeiro. A oração assumida pelo carisma de intercessão tem o poder encorajador, a força de libertação e a capacidade de confundir as forças do mal.

É importante que o cristão busque o Dom da Oração, nos nossos Grupos de Oração e em toda a Igreja e exercê-lo com exatidão e conhecimento; muito ainda se fala da necessidade de novos operários para a messe, de cristãos apostos para a oração. Saibamos que a graça de Deus é abundante, e se Ele mostra o caminho e a missão também envia recursos para a mesma. Busquemos identificar e esclarecer a muitos que não perceberam que também são portadores da graça de interceder, de se tornarem advogados nas brechas, de estarem a serviço de Deus pela oração. Identifiquemos o mover do carisma de intercessão em muitos que ainda não perceberam que tem e que já o recebeu de Deus e estão com o talento guardado, também para os que ainda não tomaram posse da força da oração comunitária, do povo que se reúne em concórdia pelas necessidades de todo o corpo místico.

A força da Igreja está em Deus e essa é transferida aos seus, pela oração, pela linha espiritual da unidade entre Deus e o homem chamada fé; é urgente termos a sensibilidade e a capacidade de identificar e exortar todos os cristãos ao carisma de interceder, de mostrar esse carisma é como um tesouro da Igreja que produz a vitória e que a mantêm fortalecida.

Compete a nós a busca constante do conhecimento de Deus, do uso dos carismas, de ver e vivenciar a grandeza infinita da Igreja que os exerce. Chamados a viver e presenciar a execução da oração na nossa fé.

Que a Virgem Maria, Mãe da Igreja interceda para que o Espírito Santo suscite em nós o Dom de intercessão e complete com a sua intercessão as nossas orações.

Nossa Senhora de Pentecostes, rogai por nós!

 

REDE NACIONAL DE INTERCESSÃO – OUTUBRO – 2018

 

INTENÇÕES PERMANENTES

1.  Pela Santa Igreja, pelo Santo Padre, o Papa Francisco, pelos Bispos, pelos Sacerdotes, Diáconos, Religiosos (as) e pelos Seminaristas;

2.  Por todas as vocações, para que o chamado de Deus seja assumido com amor e fidelidade.

3.  Pelo ICCRS (Serviço Internacional da Renovação Carismática Católica) e seus membros;

4.  Pelo CONCCLAT (Conselho Católico Carismático Latino Americano) e seus membros;

5.  Pela Presidência do Conselho Nacional, Katia Roldi Zavaris e sua família, e todos os membros do Conselho Nacional;

6.  Pelas reuniões dos Conselhos Estaduais e Diocesanos;

7.  Por todos os Grupos de Oração do Brasil;

8.  Por todos os Ministérios da RCC em nível nacional, estadual, diocesano e de Grupo de Oração;

9.  Pelas necessidades espirituais e financeiras dos escritórios diocesanos, estaduais e nacional da RCC;

10.  Pela casa de missão da RCCBRASIL no Marajó e pelos missionários e missionárias;

11.  Pela construção da Sede Nacional da RCC do Brasil e pelos seus colaboradores;

12.  Pelos eventos de evangelização da RCC no Brasil;

13.  Pela missão de Gilberto Gomes Barbosa à frente da Presidência Internacional da Fraternidade Católica – FRATER (Novas Comunidades);

14.  Pela missão de Aluísio Nóbrega à frente da Presidência Nacional da Fraternidade Católica;

15.  Pela situação política, econômica e moral em nosso País;

16.  Para que cesse a violência no Brasil e no mundo;

17.  Pela erradicação dos vírus causadores da Febre Amarela, Dengue, Zika e Chikungunya.

 

INTENÇÃO DO MÊS

  • Pelas eleições no Brasil

 


Leia mais sobre Rede Nacional de Intercessão