Santa Faustina, a apóstola da Misericórdia de Deus

altNo dia 05 de outubro a Igreja celebra Santa Faustina Kowalska, conhecida em todo o mundo como a apóstola da Misericórdia, que é considerada pelos teólogos como parte de um grupo de notáveis místicos da Igreja.

Nascida na Polônia, Santa Faustina teve a missão de recordar a verdade de fé sobre o amor misericordioso de Deus para cada homem, e foi ela a transmissora das novas formas do culto à misericórdia Divina.

O Diário de Santa Faustina, escrito durante os últimos quatro anos da sua vida, por ordem do Senhor Jesus Cristo, tem a forma de um memorial em que a autora vai anotando as “aproximações” e contatos da sua alma com Deus.

Irmã Faustina morreu no ano de 1938 e foi canonizada em 2000. A ela Jesus deixou diversas mensagens que são, na verdade, para toda a humanidade. São promessas e exortações que servem para nossa salvação e nos levam a compreender melhor a Sua infinita misericórdia.

 

Conheça algumas promessas  e ordens de Deus registradas no Diário de Santa Faustina:

“O meu amor não engana ninguém.” (Diário,29)

 

“Agora reclina a tua cabeça sobre Meu peito, sobre o Meu Coração e tira dele força e vigor para todos os sofrimentos, porque em nenhum lugar encontrarás alívio, ajuda ou consolo. Deves saber que muito, muito terás que sofrer, mas não te assustes com isso: Eu estou contigo.” (D. 36)

 

"Desejo que conheças mais a fundo o Meu amor, de que está se inflamando o Meu Coração pelas almas, e compreenderás isso quando refletires sobre a Minha Paixão. Invoca a Minha misericórdia para com os pecadores, pois desejo a salvação deles." (Diário,186)

 

“Não te admires se, às vezes, és julgada injustamente. Eu, por teu amor, bebi por primeiro o cálice de sofrimentos não merecidos.” (Diário, 289)

 

“A oração da alma humilde e amante desarma a ira de Meu Pai e alcança um mar de bênçãos.” (Diário, 320)

 

“Nenhuma alma terá justificação enquanto não se dirigir, com confiança, à minha misericórdia.” (Diário,570)

 

“Quando te submetes à Minha vontade, Me dás a maior glória, atraindo assim a ti todo um mar de bênçãos.” (Diário, 954)

 

A Minha Misericórdia é maior que as tuas misérias e as do mundo inteiro. Quem pode medir a extensão da Minha bondade? Por ti desci do céu à terra, por ti permiti que Me pregassem na Cruz, por ti permiti que fosse aberto pela lança o Meu Sacratíssimo Coração e, assim, abri para ti uma fonte de Misericórdia. Vem haurir graças dessa fonte com o recipiente da confiança. Nunca rejeito um coração humilhado. A tua miséria ficou submersa no abismo da Minha Misericórdia. Por que terias que travar comigo (uma disputa) sobre a tua miséria? Dá-me antes o prazer de me entregares todas as tuas penúrias e toda a miséria, e eu te cumularei com tesouros de graças”. (Diário,1485)

 

“No Antigo Testamento, Eu enviava profetas ao Meu povo com ameaças. Hoje estou enviando-te a toda a humanidade com a Minha misericórdia. Não quero castigar a sofrida humanidade, mas desejo curá-la estreitando-a ao Meu misericordioso Coração. Utilizo os castigos, apenas quando eles mesmos Me obrigam a isso, e é com relutância que a Minha mão empunha a espada da justiça. Antes do dia da justiça estou enviando o dia da Misericórdia.” (Diário, 1588)

 

“Sou três vezes Santo e abomino o menor pecado. Não posso amar uma alma manchada pelo pecado, mas, quando se arrepende, não há limites para a Minha generosidade com ela. A Minha misericórdia a envolve e justifica. Com a Minha misericórdia persigo os pecadores em todos os seus caminhos, e o Meu Coração se alegra quando eles voltam a Mim. Esqueço as amarguras com que alimentaram o Meu Coração e alegro-Me com a volta deles.” (Diário, 1728)

 

“Fica sabendo, Minha filha, que o Meu Coração é a própria Misericórdia. Desse mar de misericórdia derramam-se graças pelo mundo todo. Nenhuma alma que de Mim se tenha aproximado saiu sem consolo. Toda a miséria submerge na Minha misericórdia, e toda graça brota dessa fonte – salvadora e santificante. Minha filha, desejo que o teu coração seja a morada da Minha misericórdia. Desejo que essa misericórdia se derrame sobre o mundo todo pelo teu coração.” (Diário, 1777)

 

Jesus, eu confio em vós!

 

Referência bibliográfica: DIÁRIO. Português. Diário de Santa Faustina Kowalska. 41. ed. Curitiba: Editora Apostolo da Divina Misericórdia, 2015.


Leia mais sobre Especial