Somos visitados por Maria!

alt

Estamos no tempo de Natal, momento em que nos preparamos para a vinda do Senhor Jesus, tempo onde a nossa vida precisa se encher e renovar pelo Espírito Santo. Vemos em Maria, aquela que deixou-se preencher por inteiro pelo Espírito Santo, para cumprir sua missão de ser mãe do salvador. “Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus” (Lc 1,31).

Estava diante de Maria o seu maior desafio, com todas as suas consequências, mas ela acreditou, por isso pergunta: “como se fara?” (Lc 1,34), com essa pergunta prudente, Maria obtém a resposta de Deus através do anjo que diz: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra” (Lc 1-35).

Maria é aquela que nos ensina a  confiar, por isso não hesitou em responder com o seu Sim, sabia da sua pequenez, mas estava convicta que se tratava dos planos de Deus para salvação da humanidade, por isso soube acolher com humildade em seu ventre o salvador, ela torna-se a principal colaboradora no plano da salvação, o templo onde o Verbo Eterno vem morar, sacrário vivo do Senhor, porta do céu.

Maria, com docilidade e coragem, abre o coração para fazer a vontade de Deus, e  se entrega com disponibilidade incondicional nas mãos de Deus ao dizer: “Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1, 38b), torna-se plena do Espírito Santo, passando a gerar o  Cristo, contudo Maria se coloca na condição de serva, escrava para compreender os projetos de Deus para sua vida. Dessa forma, ela manifesta que tem somente em Deus a sua confiança, sua esperança, sua segurança e seu tesouro.

Maria não põe limites para Deus em sua vida, portanto mesmo com todas as limitações naturais por sua gravidez, não mede esforço para visitar Isabel, que era tida por “estéril” (Lc 36), e havia decidido ocultar-se por estar gravida em idade avançada, entretanto, Maria cheia do Espírito Santo ao visitar Isabel, produz uma efusão do Santo Espírito de Deus. “Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo” (Lc 1, 41).

Com a saudação de Maria, todo temor de Isabel desaparece, pois a visita de Maria suscita uma força de salvação que vence as trevas, Isabel foi abençoada, agraciada pela visita de Maria, por carregar em  seu ventre aquele que é o “Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz” (Is 9, 5).

Maria torna-se  mensageira da paz, por isso o efeito da sua  visita na vida de Isabel, é libertadora, fazendo com que  ela retome a paz, e com profunda alegria louve e agradeça  ao Senhor, “pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio” (Lc 1, 44 ).

A presença de Maria é inseparável de Jesus, por isso ela nos visita para nos encher do Espírito Santo, e sermos fortalecidos em nossa missão de anunciar a Boa Nova de Jesus, também nós somos chamados a uma perene  vida no Espírito, para gerar Cristo a todos aqueles que precisam ser alcançados pela presença de Deus, e recebam dEle a cura de suas enfermidades, a libertação dos seus opressores, a força para perseverar, mas sobretudo a vida nova em Cristo Jesus, que nos santifica. Basta nos deixar guiar pela força do Espírito Santo, para que ressoe a voz de Deus no mundo.  

Que nesse Natal, levemos o menino Jesus a todos os corações!

-------------

Josirene França da Silva
Grupo de Oração Quem Como Deus!
Coordenadora Nacional do Ministério de Intercessão

 


Leia mais sobre Artigos