A vivência da família à luz da Palavra de Deus

alt

 

Estamos no mês das Vocações e, nesta semana especialmente dedicada à Família, o Portal da RCCBRASIL traz uma série com artigos para refletir sobre a missão desafiadora das Famílias. No primeiro texto, veremos a importância dos casais e filhos viverem pautados sob a luz do Espírito Santo e da Palavra de Deus. Confira:

 

O Evangelho de João nos mostra que Maria, durante um casamento em Caná da Galiléia dirá: “Fazei tudo o que Ele vos disser”! Aquela que é toda de Deus, que em tudo fez a Sua Vontade e é nossa mãe e mestra nos convida a escutar o Senhor. Importante notar, que ela disse isso em uma festa de casamento, por isso, sua voz ecoa para nós hoje, para os nossos casamentos, para as nossas casas, para as nossas famílias e para as nossas vidas: é preciso fazer o que Deus nos falar, e fazer tudo. E onde Ele nos fala? Ele nos fala de um modo eficaz em Sua Palavra, a Palavra de Deus.

Para nós católicos, a Palavra de Deus é estabelecida por três elementos: a Sagrada Escritura (A Bíblia), a Sagrada Tradição e o Magistério da Igreja. “É claro, portanto, que a sagrada Tradição, a sagrada Escritura e o magistério da Igreja, segundo o sapientíssimo desígnio de Deus, de tal maneira se unem e se associam que um sem os outros não se mantém, e todos juntos, cada um a seu modo, sob a ação do mesmo Espírito Santo, contribuem eficazmente para a salvação das almas.” (Dei Verbum, 10). 

Vemos muitas realidades de famílias que perderam a direção, pais que não sabem como lidar com seus filhos, casais que enfrentam dificuldades no relacionamento a dois, filhos que não encontram um sentido de vida. No entanto, temos um caminho e uma luz que é a própria Palavra de Deus. Na Palavra, encontramos o caminho que precisamos percorrer, e ainda somos iluminados para que consigamos enxergar esse caminho. “A Palavra de Deus é não só uma boa nova para a vida privada das pessoas, mas também um critério de juízo e uma luz para o discernimento dos vários desafios que têm de enfrentar os cônjuges e as famílias.” (Amoris Laetitia, 227)

Temos a certeza de que “toda a Escritura é divinamente inspirada e útil para ensinar, para corrigir, para instruir na justiça: para que o homem de Deus seja perfeito, experimentado em todas as obras boas” (Tim. 3, 7-17 ) Portanto, em uma situação, seja qual for, mesmo em momentos de sofrimento e desespero, precisamos escutar o que o Espírito Santo nos fala, por meio daquilo que está escrito na Bíblia e também, daquilo que a Igreja nos ensina.

Em nossa vida particular de família católica, tentamos levar o conhecimento da Palavra aos nossos filhos da seguinte forma: o bom costume de contar histórias antes de dormir, é hora também de ler “historinhas” da Bíblia infantil e assim vão conhecendo aos poucos o que o Antigo e o Novo Testamento nos ensina. Da mesma forma, lemos trechos resumidos do catecismo, para que entrem em contato com a doutrina católica. Além disso, na participação dominical na Santa Missa é momento também de escutar as “historinhas” que são contadas durante a celebração. Como casal, procuramos buscar o conhecimento do que a Igreja nos ensina a respeito do matrimônio e da vida conjugal. Não somos perfeitos, ao contrário, temos muito a melhorar na vida matrimonial e familiar, no entanto, temos uma certeza, temos um caminho seguro a percorrer que a Palavra de Deus nos mostra e ilumina.

“É antes de tudo a Igreja Mãe que gera, educa, edifica a família cristã, operando em seu favor a missão de salvação que recebeu do Senhor. Com o anúncio da Palavra de Deus, a Igreja revela à família cristã a sua verdadeira identidade, o que ela é e deve ser segundo o desígnio do Senhor; com a celebração dos sacramentos, a Igreja enriquece e corrobora a família cristã com a graça de Cristo em ordem à sua santificação para a glória do Pai; com a renovada proclamação do mandamento novo da caridade, a Igreja anima e guia a família cristã ao serviço do amor, a fim de que imite e reviva o mesmo amor de doação e sacrifício, que o Senhor Jesus nutre pela humanidade inteira.” (Familiaris Consortio, 49)

 

André e Jacqueline Antonieti

Grupo de Oração São Francisco de Assis 2 – Diocese de Franca (SP)

Coordenadores Estaduais do Ministério para as Famílias de São Paulo


Leia mais sobre Especial