“Quero ser um homem do Coração de Jesus”

“O Sacerdote é o amor do Coração de Jesus. Quando virdes o padre, pensai em Nosso Senhor Jesus Cristo” (São João Maria Vianney).

 

Para meditar sobre a vocação sacerdotal, vamos fazer memória do Padre Léo, que hoje é reconhecido pela Igreja como Servo de Deus. O sacerdote é aquele que ao ministrar os sacramentos e pregar o evangelho, conduz o rebanho de volta àquele a quem pertence. É aquele que diz: “Buscai as coisas do Alto!”. Foi desse modo, que Padre Léo orientava o povo de Deus com a alegria e o bom humor próprios do cristão.

 

Vida

Léo Tarcísio Gonçalves Pereira, nasceu em 9 de outubro de 1961. Veio de uma família humilde de Delfim Moreira, Sul de Minas Gerais, no vilarejo conhecido por Biguá. Pertencente à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, em 1990, foi ordenado padre. Atuou na formação de novos religiosos e padres, assim como na área da educação. Fundou a Comunidade Bethânia em 1995.

 

Vocação

Padre Léo, com suas palavras descreve de maneira singela e dócil o seu chamado ao sacerdócio. Assim como muitos rapazes, ele encontrou diversos desafios, no entanto o amor de Deus o sustentou em cada um deles.

 

“Sou um sujeito que desde criança quis ser padre; e muito pobre, tentei ir para o seminário, mas não fui aceito. Então fui trabalhar até conseguir ter roupas suficientes para fazer meu enxoval. Fui para o seminário com 21 anos. Tinha namorada, fui noivo, e descobri a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, que é o que eu tento viver: Quero ser um homem do Coração de Jesus. Vivo no meio de jovens drogados, prostituídos e aidéticos. Tento ser um deles e eles me ensinam muito”, (O fundador, Comunidade Bethânia).

 

“Quero ser um homem do Coração de Jesus”

Que a vida de Padre Léo inspire a todos a buscar as coisas do alto, e de modo especial aos rapazes que sentem o chamado à essa vocação sacerdotal. Que todos tenham o desejo de afirmar: Quero ser um homem do coração de Jesus!

 

Clique no botão abaixo e reze pelas vocações.


---------------
Fonte: Comunidade Bethânia

 


Leia mais sobre Especial