Primeira pregação do ENF enfatiza o amor de Deus por nós e suas características

alt

A primeira pregação do ENF 2019 – Encontro Nacional de Formação para Coordenadores e Ministérios que está acontecendo na sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP) foi ministrada por Josirene França da Silva, coordenadora nacional do Ministério de Intercessão da RCCBRASIL, membro do Grupo de Oração “Quem como Deus” de São Luiz (MA). A pregação teve como tema “Conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos neste amor” (1 Jo 4, 16).

A pregadora iniciou dizendo que todas as vezes que declaramos o amor de Deus, o mal perde efeito sobre nós e acrescentou que somos amados pelo Senhor e a partir dessa experiência extraordinária, começamos uma nova trajetória. Ela lembrou da profecia proferida no Jubileu de Ouro, realizado em Roma em 2017: “levantem os olhos, os campos estão prontos para a colheita” e disse também que neste ano estamos celebrando o jubileu do amor, o ENF do amor de Deus por nós.

Em seguida, Josirene falou da importância do jubileu e das características do amor do Senhor. “O nosso coração precisa se ampliar em uma profunda sede de Deus para que não percamos a ousadia. Jubileu é retornar a origem e a nossa é o batismo no Espírito Santo. Deus nos ama sem méritos! O amor de Deus por nós é desinteressado. Não há limites nem desafios”, disse.

A pregadora explicou duas reflexões com foco no amor de Deus. “No versículo 10 de 1 João 4, compreendemos que Deus tem iniciativa de amor por nós. Ele nos amou de forma concreta, mesmo sem merecimento. No versículo 16, observamos o conhecimento desse amor de Deus”, ressaltou. Logo após, testemunhou a ação de Deus na sua vida quando ela duvidou, recebeu o batismo no Espírito Santo e voltou a acreditar no seu amor.

Josirene ratificou que nada pode nos afastar do amor de Deus. “Deus rompeu o limite que existe entre o Criador e a criatura. O amor é a ação mais perfeita de Deus na nossa vida. A essência de Deus é o amor que nos liberta. Não há poder que pode nos afastar do amor de Deus. Diante de Deus somos filhos e nada vai mudar isso. Nem o sentimento de indignidade vai mudar o amor de Deus por você. Em qualquer situação, seja de dificuldade ou de alegria, Deus está nos amando”, disse.

A coordenadora nacional de intercessão explicitou os desafios sobre nossa relação com o Senhor. “Há dois desafios para conhecimento do amor de Deus: primeiro crer que Deus tem planos perfeitos para você; segundo é ter fé que Deus age sempre para revelar seu amor por cada um de nós”, afirmou. Por fim, ela concluiu, dizendo que precisamos testemunhar o amor de Deus para o mundo e que o Senhor nos ama e esse selo está gravado em nosso coração.


Leia mais sobre ENF 2019