Primeira formação geral destaca o reconhecimento do poder de Deus

alt

Na manhã do dia 23 de janeiro, Leandro Rabello, que é o atual coordenador nacional do Ministério de Pregação da RCC, conduziu o primeiro momento de formação geral do ENF 2021. O ensino ministrado teve como tema: Reconheçam o poder de Deus.

Leandro iniciou a pregação recordando ENFs passados. Este ano, devido à pandemia de Covid-19 e às medidas de isolamento, o encontro está sendo online. A formação foi ministrada no Rincão do Meu Senhor, sede da comunidade Canção Nova (Cachoeira Paulista/SP) e transmitida para todo Brasil pela TV e internet. Em um local sem público, Leandro recordou a euforia de ENFs passados, quando os participantes chegavam sedentos e com a expectativa: “O que Deus quer fazer de novo na minha vida?”.

O “de novo” não é mais uma vez, mas, sim, a espera pela novidade de Deus. Contudo, o pregador ressalta que muitas vezes a mensagem é que sejamos aquilo que nós precisamos ser. Retornar a Deus em essência.

O tema desta formação foi inspirado no Salmo 67, 35a: “Reconhecei o poder de Deus”. Segundo o pregador, esta afirmação parece óbvia e pode até mesmo soar absurdo uma afirmação dizendo que é preciso reconhecer o poder de Deus. Entretanto, vem o questionamento: “Temos feito isso?”. Momento para reflexão individual.

Leandro Rabello destaca que a palavra-chave dessa mensagem é “Reconhecer”. É preciso executar esta ação. Ele argumenta que a prova de que nos esquecemos do poder de Deus é quando nos desesperamos. Desesperar-se é porque estamos confiando mais em nós mesmos do que no poder de Deus.

No ano de 2013, em um momento de preparação espiritual para as celebrações do Jubileu de Ouro da RCC, vivido em 2017, lideranças carismáticas do mundo inteiro se reuniram para uma consulta profética ao Senhor. Leandro relata que uma das profecias do Senhor dizia: “A RCC perdeu o poder. Precisamos voltar a Deus para ter o poder”. Leandro recordou essa profecia, destacando o que muitas vezes nos afastamos de Deus. Segundo ele, quantas vezes nos apossamos deste poder e estar junto do Senhor.

Características de Deus ressaltam seu poder

Leandro Rabello citou no ensino desta manhã que, de todos os atributos de Deus, citamos principalmente três: que Deus é onipresente (está em todo lugar), onisciente (sabe de todas as coisas) e onipotente (é todo-poderoso).

Destas características, apenas uma está na profissão de fé católica: onipotente. “Creio em Deus Pai todo-poderoso” e “Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso”. Ele trouxe esta observação, pois o Catecismo da Igreja Católica, no número 268, ensina que confessar a onipotência de Deus é de grande alcance para a nossa vida. Ele acrescentou ainda que a onipotência Divina é universal, pois tudo criou; é amorosa, pois Deus é Pai; e é misteriosa, pois só aos olhos da fé posso reconhecê-la. “Por mais fortes que sejamos, é preciso que reconheçamos a sua onipotência”, concluiu.

Atitudes que demonstram o reconhecimento do poder de Deus

De forma prática e aplicada na vida, Leandro Rabello elencou quatro atitudes que o homem deve ter para reconhecer verdadeiramente o poder de Deus.

1 – CONVERSÃO

“Quando eu decido mudar a minha vida, eu reconheço o poder de Deus”, destacou logo no início. Converter-se é seguir os planos de Deus e abandonar suas próprias vontades. Leandro ressaltou que é sempre tempo de conversão. Ele acrescentou ainda dizendo que “é preciso voltar às origens”, de ser livre no Senhor.

É preciso voltar à essência de Deus, pois o Catecismo ensina que a essência e o poder de Deus estão lado a lado. Segundo Leandro, “Dar mais importância à lei do que a graça não é sinal de uma pessoa convertida”. “Perdemos a essência porque somos muito profissionais, até no uso dos carismas”, acrescenta.

Leandro exorta a RCC e todos os carismáticos que é preciso levar uma vida livre, deixando o Espírito Santo agir como quiser. Este é o sinal da conversão: fazer a vontade de Deus.

2 – VIVER O SENHORIO DE JESUS

“Quem é Jesus para mim?” Esta pergunta direcionada a si mesmo deve ser feita interiormente e é preciso que se reflita na resposta. Além das respostas mais rápidas e prontas que vêm à boca, é preciso rever, em sua própria vida, onde está Jesus. “Reconhecer o Senhorio de Jesus é entender que tudo importa, mas que Jesus é mais importante que tudo. É reconhecer que as outras coisas são secundárias”, afirma Leandro.

Em sua pregação, Leandro usou muitos verbos no passado para se referir à RCC. Ele explicou que a intenção é destacar um tempo em que o Movimento andava de forma mais livre, guiada pelo Espírito. Segundo ele, hoje muitos se deixam prender a regras e convenções e impedem o Senhor de agir.

As convenções e formalismos, segundo o formador, não podem impedir a ação de Deus. Leandro cita o Documento de Malines – escrito na década de 1970 e fruto das primeiras reflexões da Igreja sobre o Movimento carismático – que diz: “Somente quando o ego for retirado, é que o dom de Deus poderá ser plenamente experimentado”.

3 – SERVIR

Servir a Deus é uma forma de reconhecimento do poder dEle. Segundo Leandro Rabello, esta atitude, que é uma honra para nós, é também um meio de manifestar este reconhecimento. Mas é preciso que seja um serviço com desprendimento e sem pretensão. Servir onde seja preciso para levar Jesus aos irmãos. Leandro compara o serviço a Deus com a atitude dos apóstolos: “largavam tudo para seguir Jesus”.

O ponto-chave é que o servo precisa estar sempre prostrado aos pés de Jesus, o Senhor.

4 – VIVERMOS O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

A quarta e última atitude para reconhecer o poder de Deus é a vida com o Espírito Santo. O pregador ressalta que é preciso que sejamos o templo vivo do Espírito Santo. “Sejamos aquelas pessoas que gritam para o mundo dizendo que o Espírito Santo habita em nós”, destaca.

Ele conclui afirmando que o batismo nos introduz à vida no Espírito e viver este batismo nos leva à santidade.

Ao final da pregação, Leandro Rabelo resume as atitudes de reconhecimento do poder de Deus. É preciso buscar ser um servo por amor e não buscar nada além disso. Tendo atitudes de reconhecimento do poder de Deus, vivendo o amor, o servo se curvará diante do Todo-poderoso. Prostrado, de acordo com Leandro, o Senhor preencherá o servo com poder e este terá sua vida transformada. O poder de Deus na vida do servo se transforma em serviço para a obra de Deus.

alt

--------------------------

Acompanhe a transmissão ao vivo do ENF 2021 pelo Youtube:
 
alt https://www.youtube.com/rccbrasil

 


Leia mais sobre Notícias-ENF2021