Cristo nos convida a sermos testemunhas, e cheios do Espírito Santo!

alt

"Nossa tarefa é sermos cheios do Espírito Santo, e estarmos atentos a direção que Ele vai nos ensinando, dia a dia."

Um sábado repleto de profundas reflexões e direcionamentos para todos os carismáticos. E na segunda pregação do dia, Padre Antonio José, diretor espiritual do Conselho Nacional da RCCBRASIL, trouxe a meditação acerca de Atos dos Apóstolos 1, 3-8; convidando todos a serem verdadeiras testemunhas e cheios do Espírito Santo.

O livro de Atos dos Apóstolos começa com o derramamento do Espírito Santo. O evento de Pentecostes não se encontra no final, mas no começo deste livro. Sendo o começo de uma caminhada que continua até hoje. Assim, Pe. Antonio José pontuou que Pentecostes foi o começo de uma missão; uma resposta de Deus para o mundo.

Só podemos compartilhar com as pessoas o que o Senhor realiza, se o experimentarmos; assim como os Apóstolos vivenciaram. Pois foi preciso que houvesse atos do Espírito Santo no meio deles, para que se realizassem os atos dos Apóstolos. Assim também, é preciso que haja um trabalho de Deus em cada pessoa, para que através dEle, a evangelização possa chegar mais longe com a missão de cada um de nós. E ter diante dos olhos que “não sou eu mais quem vivo, mas Cristo que vive em mim” (ref. Gal 2, 20.) e entender que “não sou eu mais quem faço, é o Espírito Santo que faz em mim e através de mim.” É uma dupla missão para todo cristão, um desafio; mas reconhecendo que a força para percorrer essa missão vem de Cristo.

Ao adentrar na passagem de Atos de Apóstolos, Pe. Antonio José enfatiza que Cristo convive conosco. É sempre Ele que tem a iniciativa, pois se manifesta, se faz vivo em meio ao seu povo. E recordando sobre a atuação dos servos da Renovação Carismática Católica, o sacerdote pontua que o Grupo de Oração é um lugar onde os irmãos se encontram, pois ali Jesus se manifesta vivo e com provas. Jesus está vivo e põe cada um de volta a caminhar e a avançar, assim precisa acontecer no Grupo de Oração.

O Grupo de Oração não pode ser um lugar onde se fala somente de problemas e dores, pois assim as orações se tornam lamentosas, disse o padre. Mas é o lugar onde Jesus se manifesta vivo para trazer de volta à vida.  Com o coração atento e sensível a Ele, sua Palavra nunca mais vai embora. Pe. Antonio José ainda refletiu dizendo: “O que pode ser mais incrível do que uma conversa com Jesus Ressuscitado? Uma conversa assim vale a vida! Jesus conversa com seus discípulos sobre as coisas do Reino de Deus”. E alertou sobre como tem sido as conversas cotidianas daqueles que precisam testemunhar o Cristo Ressuscitado, conversas essas com as outras pessoas e consigo mesmo.

Em outra parte da reflexão, o sacerdote indagou: “Como aprender a ser dirigido pelo Espírito? A Palavra nos dá as dicas”. Jesus sabia que aqueles homens sairiam para pregar, para curar, para testemunhar. E precisariam aprender a falar das coisas do Reino de Jesus, a terem comunhão.  A mensagem é de que o Senhor deseja nos ensinar a viver as coisas do Reino de Deus, a ser fecundo na alma, a frutificar. “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração” (Mt 11, 29), para aprender dEle é necessário conviver com Ele, gastar tempo com Ele.

Jesus disse àqueles Apóstolos para irem pelo mundo inteiro, mas que primeiro, o esperassem em Jerusalém. Significa que há uma grande tarefa a cumprir, existem vidas a serem semeadas pelo Evangelho; mas ao mesmo tempo Ele diz “esperem”. É preciso esperar até que Ele mostre o momento de ir, conduzidos por Ele e cheios do Espírito Santo. Essa ordem dupla de Jesus, continua vigente para você!

Quando o Senhor confia uma missão aos seus servos, Ele garante sua presença, dizendo “daqui pra frente vamos juntos”, assim nos disse Pe. Antonio José. Criamos muitas expectativas sobre os outros, e que viram decepções. Mas quando jogamos nossas expectativas no Senhor, Ele não nos decepciona. Não perca a liberdade interior, para entrar totalmente disponível aos propósitos de Deus, pois virá sobre vocês a força do alto. Este é o propósito do Espírito Santo: “Para sereis minhas testemunhas” (ref. At 1, 8). Nossa tarefa é sermos cheios do Espírito Santo, e estarmos atentos a direção que Ele vai nos ensinando, dia a dia.

Quando dizemos o que fazemos pra Jesus, isso é marketing. Quando mostramos com a vida e revelamos o que Jesus faz, isso é testemunho. A palavra testemunho no grego, quer dizer mártir (martyría). Mártir é alguém que vence todo o sofrimento, pois não pode voltar atrás no que está vivendo com Jesus. O Senhor diz, você recebe o Espírito Santo para que você seja assim, para suportar e vencer todo o sofrimento.

Para finalizar, Pe. Antonio José partilhou de uma experiência em um Grupo de Oração, em que Jesus os conduziu a encontrar a unção de seu Espírito Santo atrás da cruz. Por isso quem abraça a cruz, e fica entranhado a cruz, recebe a unção do Espírito do Senhor.

O Espírito Santo vem para quem se agarra na Cruz de Cristo todos os dias, sabendo que é o maior presente que temos, venha o que viver. E assim sendo fiéis, encontrando o Senhor na cruz, para sermos testemunhas.

alt

--------------------------

Acompanhe a transmissão ao vivo do ENF 2021 pelo Youtube:
 
alt https://www.youtube.com/rccbrasil

 


Leia mais sobre Notícias-ENF2021