Workshop do Ministério de Oração por Cura e Libertação

alt

O Workshop do Ministério de Cura e Libertação iniciou com a oração do Santo Terço de modo individual. A Banda Rezza, do estado do Espírito Santo, foi a responsável por animar todos os momentos. As temáticas trabalhadas na formação foram pensadas e organizadas pelos coordenadores estaduais, visando as necessidades mais urgentes. Foram trabalhados os temas: pecados capitais e suas consequências, oração de libertação e exorcismo, santidade - a cura do coração e a cura da dor mais profunda.

Cada tema abordado foi acompanhado de oração, conforme a espiritualidade do ensino. Cada servo do Ministério é convidado a uma luta constante contra o pecado, principalmente os conscientes e os de “estimação”. Tais pecados abrem brechas no servo ao ataque do maligno, pois não se sabe os casos que o esperam no atendimento, daí a vigilância e a sobriedade que se precisa exercitar. Pelo fato de ser o exercício de carisma de serviço, não se exime o servo da experiência cotidiana com os dons de santificação, com a consequente produção de frutos do Espírito Santo na convivência humana. Para concluir, foram analisadas as dores mais profundas que o ser humano carrega em sua vida para que cada um possa caminhar na própria cura e possa auxiliar na cura interior dos irmãos.

Estiveram presentes no workshop como formadores Dom José Aparecido, bispo auxiliar de Brasília (DF), e Vinícius Simões, secretário geral do Conselho Nacional da RCCBRASIL.

As temáticas referentes ao serviço do Ministério foram abordadas pela coordenadora nacional, Marizete Nunes Nascimento.O Espírito Santo revelou assuntos profundos com simplicidade, de modo a tornar possível atender o povo com maior maturidade e para que libertação emocional e espiritual possa acontecer.

A representatividade de todos os estados brasileiros, por meio da maioria dos coordenadores estaduais presentes e atuantes, contribuiu para que o workshop fosse realizado com muita eficácia. O Workshop foi encerrado com grande júbilo e os participantes não queriam afastar-se da tenda, pois foi um lugar da manifestação da Glória de Deus.


Leia mais sobre ENF 2019