Katia apresenta a tríplice do Serviço Nacional de Comunhão (Charis)

alt

Na manhã desta quinta-feira (23), a presidente do Serviço Nacional de Comunhão, Katia Roldi Zavaris conduziu os participantes do Encontro Nacional de Formação (ENF) à uma reflexão sobre a missão do Charis.

Segundo a presidente, o Charis é um convite a unidade para a eficácia na evangelização e para que o batismo no Espírito Santo chegue a tantos filhos de Deus.“O charis tem várias missões dentre elas a conversão pessoal que influi do batismo no Espírito Santo”, disse. Fazendo memória do momento de instituição do serviço, em junho de 2019, recordou o desejo do papa Francisco de que toda a Igreja seja batizada no Espírito Santo. Segundo Katia, o charis é o impulso para a unidade e comunhão fraterna.

O santo padre estabeleceu um tripé como base para que o serviço aconteça na Igreja e realize com eficácia sua missão: 1) Difusão do Batismo no Espírito Santo 2) União dos Cristãos 3) Serviço aos pobres . Para explicar essa tríplice Katia convidou três pessoas para estarem explicando cada um dos pontos.

 

Difusão do Batismo no Espírito Santo

altO fundador da Comunidade Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib conduziu uma reflexão a partir de sua experiência com o Espírito Santo. Recordando a pregação querigmática de São Pedro após a experiência do Cenáculo, narrado no livro dos Atos dos Apóstolos, fez referência a ação do Paráclito na eficácia da pregação para a evangelização.“Não há evangelização sem o Espírito Santo” (Paulo VI - Exortação Apostólica “Evangelii Nuntiandi”). “O que Deus, o Papa Francisco pede de nós é expandir a graça do Espírito Santo. Não tire o corpo! Que você seja expansor da graça do batismo no Espírito Santo. Primeiro, no lugar onde você e está, segundo nos lugares onde Ele conduzir você! ”, conclui Monsenhor Jonas.

 

União dos Cristãos
altO responsável pela Conferência “Somos Um”, Izaías de Souza Carneiro, conduziu a reflexão sobre o ecumenismo. "E quando eu for levantado da terra, atrairei todos os homens a mim" (João 12,32). Essa passagem despertou no coração do pregador o desejo por compreender como Deus poderia atrair todos os homens, sendo que os mesmos se encontram tão divididos. “É através do caminho de unidade que todo o Brasil e o mundo irão reconhecer o senhorio de Jesus. É pela unidade que os Grupos de Oração serão reinflamados pelo Espírito”, reforçou.

“O Espírito Santo habita nos crentes, enche e rege toda a Igreja, realiza aquela maravilhosa comunhão dos fiéis e une a todos tão intimamente em Cristo, que é princípio da unidade da Igreja” (Unitatis Redintegratio § 2). A unidade não pode ser obra das nossas mãos, ela é ação do Espírito Santo”, concluiu Izaías.


Serviço aos pobres

altPadre Vicente de Paula Neto, presidente da Comunidade Bethânia meditou acerca da caridade e das obras de misericórdia. “Toda missão é impulsionada pelo próprio Espírito Santo, ele que nos leva, nos faz ir ao encontro dos mais pobres”, afirmou o sacerdote. Recordando a fala de Jesus "O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu; e enviou-me para anunciar a Boa-Nova aos pobres" (Lucas 4,18), explicou que é o Espírito Santo que impulsiona a anunciar e ir ao encontro do próximo, conduz a tocar o irmão e nele encontrar Jesus. “O Espírito Santo nos impulsiona a abraçar o próprio Cristo na pessoa do pobre”, concluiu.

 

--------------------------

Acompanhe a transmissão ao vivo do ENF 2020 pelo Youtube:

alt https://www.youtube.com/rccbrasil

 


Leia mais sobre ENF 2020