Juventude do Amazonas participa do 19º Acampamento Jovem Vai ou Racha

alt

“Amarás teu Deus de todo coração e ao próximo como a ti mesmo” (Lc, 10,27), esse foi o tema do 19º Acampamento Jovem Vai ou Racha, que aconteceu no último fim de semana, na Casa de Retiro João Paulo II, em Manaus. O evento é uma realização da Renovação Carismática Católica do Amazonas (RCC AM), por meio do Ministério Jovem do estado.

Foram três dias de evento. Mais de 700 jovens de Manaus estiveram presentes e se uniram com as caravanas dos municípios de Fonte Boa, Manacupuru, Presidente Figueiredo, Novo Airão e Roraima. A animação ficou por conta da equipe de música da diocese, que é formada por servos de diversos grupos de oração da cidade. O acampamento teve também a presença dos pregadores e coordenadores estaduais dos Ministérios Jovens de Roraima, Simeão Júnior e de Tocantins, Israel Freitas.

“Foi uma experiência única. Era um desejo do meu coração, pregar nesse encontro há muito tempo. Fiquei revigorado neste encontro. Foi lindo ver a alegria de Deus sendo manifestada na juventude do Amazonas. Desejo que todos sigam a decisão de optar por Deus. Jovens não voltem atrás! Pois, Ele ainda tem muitas maravilhas para realizar no meio de vocês. Nós, do norte, moramos em um lugar muito vasto em missão. Precisamos aumentar o número de missionários e temos que ir à luta e acreditar que Deus levantou uma nova juventude cheia do Espírito Santo”, disse o pregador e coordenador estadual do MJ de Tocantins, Israel Freitas.

Alguns jovens puderam compartilhar a experiência vivida, na hora dos testemunhos. João Felipe Freitas, que foi pela primeira vez, sentiu a necessidade de falar sobre o que viveu. “Fui para o Vai ou Racha, com a expectativa de encontrar algo que me deixasse feliz. Sempre acreditei que se eu fizesse as pessoas rirem, eu também iria sorrir. Mas por dentro, não era isso que acontecia. Vim de uma família totalmente desestruturada. Meus pais se separaram quando eu ainda era criança, e isso me deixou um vazio muito grande. Precisava de atenção, amor e amparo. Cresci sendo criado pela minha avó. Entrei para o mundo das drogas e prostituição. Mas agora, me sinto renovado. Este fim de semana foi uma das melhores coisas que me aconteceu. Fiquei impressionado com tudo o que vi! Recebi muitas curas. Agora, consigo perceber o mundo com outros olhos e acho incrível esta capacidade. Quero continuar nesse novo caminho. Resumo dizendo que o Vai ou Racha foi algo extremo na minha vida”, contou.

A jovem Criscymara Guerra demorou três dias para chegar à capital. Ela veio em caravana, do Município de Fonte Boa, distante 665 quilômetros de Manaus. Para ela, não foi fácil o caminho percorrido, mas valeu a pena.

“Tivemos algumas dificuldades, que muitos que vieram de outros municípios também passaram. Gastamos bastante e sofremos com o cansaço, mas faria tudo de novo para estar no Vai ou Racha outra vez. Um dos momentos mais especiais, foi o de batismo no Espírito Santo. Tudo muito especial e incrível. Me senti nos braços de Deus! A felicidade é tamanha em poder me sentir assim”, falou.

Em oração, o Senhor deu a seguinte profecia: “Queridos jovens, eis que estou levantando uma juventude nova, cheia do Espírito Santo, para percorrer todas as longínquas paragens do Estado do Amazonas”. A coordenadora do MJ Amazonas, Raline Monteiro, falou sobre a moção.

“Foi um grande momento profético. Temos a convicção que a juventude nortista, têm a força e ousadia de avançar mediante nossas limitações”, afirmou.

A coordenadora falou ainda sobre sua experiência em estar à frente a edição. “Posso resumir o Vai ou Racha 2016 em duas palavras: extraordinário e surreal. Foi um grande momento de entrega total da nossa vida a Deus. Tivemos um encontro íntimo e pessoal com Jesus Cristo através de cada pregação. Não podemos esquecer de falar da grande alegria de termos reunidos três estados da região norte, através dos nossos coordenadores convidados”, relatou.

O próximo evento do Ministério já está na agenda. A coordenação se prepara, para no mês de dezembro, realizar o “Jesus na Amazônia”. A atividade contempla a evangelização querigmática nas ruas e casas da juventude do interior.

Fonte: Ministério de Comunicação Social RCC AM


Leia mais sobre Eventos Estaduais