Escolas Regionais aproximam e promovem formação das lideranças

alt

Pela primeira vez na história da RCCBRASIL, foram realizadas simultaneamente, três Escolas Regionais de Formação de Líderes e Missionários, todas aos mesmos moldes da Escola Nacional que acontece em janeiro de todos os anos, já há algum tempo no Brasil. As aulas foram ministradas de 19 a 29 de julho.

Neste mês, servos da Região Norte, de estados do Centro-Oeste e dos estados do Nordeste estiveram reunidos nas cidades de Belém (PA), Primavera do Leste (MT) e Palmeira dos Índios (AL).  Foram aproximadamente 10 dias intensos com aulas de cunho teológico e pastoral. Além deste pilar do conhecimento intelectivo, as escolas também trabalharam a vivência fraterna e práticas efetivas de missão.

Leandro Rabello, diretor da ENFLM da RCCBRASIL, acompanhou de perto as três escolas juntamente com a equipe nacional e afirma: “Participar da escola muda nosso jeito de servir. Tornamo-nos mais conscientes de que nossos Grupos de Oração precisam de boas lideranças e de ser uma ‘Igreja em saída’, como diuturnamente nos pede nosso querido Papa Francisco”, relembra o diretor. 

Alagoas

A RCC do estado de Alagoas também acolheu a Escola Regional, realizada no Centro de Treinamento Pio XII, na cidade de Palmeira dos Índios (AL). As atividades contaram com a participação de alunos de seis estados do Nordeste.

Ao longo dos dias, os alunos receberam aulas sobre Eclesiologia, Pneumatologia, Cristologia, História da RCC, Visão Atual da RCC, Grupo de Oração, Liderança, Querigma, etc.

Através da Escola de Líderes e Missionários a Renovação Carismática Católica prepara os participantes para um aperfeiçoamento do serviço que impacta diretamente no serviço da RCC nos Grupos de Oração e paróquias.

Estiveram presentes como formadores nesta Escola Regional: Padre Hélder Pio, Sjs, Padre Elison Silva, Lucimar Maziero, Kátia Roldi Zavaris, Reinaldo Beserra dos Reis, Frederico Mastroangelo, Lucas Oliveira e Leandro Rabello.

A presidente do Conselho Estadual da RCC Alagoas, Georgina Lessa, afirmou: “é graça de Deus para a Região Nordeste receber a Escola e ter servos formados que levarão o fogo do Espírito Santo aos Grupos de Oração. A missão de levar a Cultura de Pentecostes ganha um novo ardor missionário com a Escola de Formação”.

Pará

altNa edição do Pará, a escola aconteceu na Casa Monte Tabor, localizada no distrito de Icoaraci, Arquidiocese de Belém. Participaram cerca de 80 alunos divididos entre 1ª e 2ª etapas, vindos das 14 regiões entre arquidioceses, dioceses, prelazias e regionais do estado. Os alunos foram formados por vários professores como a presidente do Conselho Nacional da RCCBRASIL, Kátia Roldi  Zavaris, o presidente do Conselho Estadual da RCC Pará Salomão Garcia, e o conselheiro permanente da RCCBRASIL, Reinaldo Beserra, entre outros.

Dentro da escola aconteceu o cerimonial celebrativo pelos 45 anos da RCC Pará, no qual todos comemoraram junto do Ícone dos 45 anos, com intercessão da Relíquia de primeiro grau da Beata Elena Guerra, Apóstola do Espírito Santo, e a Relíquia de primeiro grau de sua aluna predileta, Santa Gemma Galgani. A escola foi encerrada no dia 29, com a formatura dos participantes.

Mato Grosso

Na edição do Mato Grosso, estiveram reunidos também os estados de Mato Grosso do Sul e Rondônia, em um total de 83 participantes. A escola contou, inclusive, com uma aluna do Rio de Janeiro, que optou pela data das férias de julho para se formar.alt

Segundo Fabiana Sedlmaier, coordenadora estadual do Ministério de Pregação do Mato Grosso e uma das coordenadoras da Escola, foi um momento de muita graça. “Todos foram muito impactados pelo amor de Deus. Tivemos momentos de formação e estudos, mas altamente querigmáticos. Tenho certeza que a vivência fraterna ficará marcada para sempre entre os alunos”, destacou.

Outro momento que merece destaque, segundo a coordenadora, foi a questão da missão, já que grande parte dos participantes até então não tinham tido contato com essa experiência de bater nas portas das casas e anunciar Jesus. “Eles saíram testemunhando a vontade de continuar se aprofundando nas coisas da Igreja e da nossa identidade, além de ouvir mais ao Senhor sobre o que Ele deseja para cada realidade”, finalizou.


Leia mais sobre Eventos Estaduais