Acampamento jovem é promovido pela RCC Amazonas

alt

A juventude do Amazonas participou dos dias 16 a 18 de agosto de 2019, do XXI Acampamento Jovem “Vai! Ou Racha”. Realizado na Casa de Retiro João Paulo II, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus (AM). O evento foi promovido pela RCC Amazonas, por meio do Ministério Jovem (MJ). Esta edição trouxe o tema inspirado em Hebreus 12, 1-4: “Sede resistentes na luta contra o pecado”.

Durante os três dias do acampamento que iniciou na sexta-feira (16), mais de 350 jovens vivenciaram uma acolhida diferente na Casa de Retiro. Entraram com os olhos vendados, foram recepcionados e iniciou-se um momento de oração e adoração ao Santíssimo Sacramento.

Estiveram presentes caravanas jovens de outros municípios como Parintins, Tabatinga, Itacoatiara, Manacapuru, Rio Preto da Eva, Tefé, Boa Vista do Ramos, Novo Airão, Tabatinga e Fonte Boa. A animação ficou por conta do Ministério de Música e Artes da Arquidiocese de Manaus, formado por servos de diversos Grupos de Oração de Manaus, também esteve presente a pregadora e coordenadora Estadual do MJ de Roraima, Lhyana Oliveira.

Na manhã do sábado (17) a programação iniciou com momento Mariano, oração e animação. O tema da primeira pregação foi “Eis-me aqui, faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1, 26-27), ministrada por Hugo Pereira, do Grupo de Oração Nossa Senhora do Sameiro do Setor Alvorada, da cidade de Manaus. “Jovem, Deus quer nascer no mundo através de você. Hoje se levantam profetas que vão fecundar o amor no mundo”, afirmou Hugo.

Em seguida, o pregador Alessandro Ribeiro, do Grupo de Oração Água Viva, abordou o tema do acampamento, “Sede resistentes na luta contra o pecado!” (Hb 12, 1-4). “Para resistir ao pecado são necessários alguns passos, o primeiro é ter consciência do seu erro para tomar uma atitude de arrependimento, diante daquilo que erramos e assim confessar, reconhecer-se pecador diante de Deus, para aí sim experimentar a graça divina, do perdão do Senhor”, aconselhou Alessando. Dizendo ainda: “devemos manter os olhos fixos no Senhor e resistir até o sangue, ir até o fim, mesmo na dor, pois o amor de Deus é maior que seu pecado”.

altO tema do período da tarde foi: “Minha alma tem sede de ti” (Sl 41), e foi conduzido pela pregadora Lhyana Oliveira, do Grupo de Oração São Luíz Gonzaga de Boa Vista. “Toda a humanidade tem sede de Deus, e nós só encontramos a plenitude, a felicidade, nós só somos completos quando damos tudo ao tudo, a nossa vida só tem sentido assim, então dê o lugar que cabe a Jesus no seu coração”, afirmou.

A Noite Carismática contou com muita animação, música com Ministério de Música e Arte, apresentação teatral com Grupo Shalom e show de louvor com a banda católica Essência de Deus de Manaus.

No domingo (18), a primeira pregação do dia foi direcionada pelo Salmo 22, “Senhor, restaura as forças da minha alma”, e foi ministrada por Lhyana Oliveira. “Jesus, que restaura nossa alma, enfaixa nossas feridas, cura nossas doenças, e nos dá forças no lugar da fraqueza e do cansaço para darmos o nosso sim todos os dias”, destacou a pregadora.

A segunda colocação teve como tema “Colocarei em vós o meu espírito e vocês reviverão” (Ez 37), ministrada por Marcelino Ribeiro, do Grupo de Oração Vencendo as Muralhas. “Jovem, o Senhor te levanta hoje, e você vai incendiar o teu Grupo de Oração, o teu Ministério e toda a Igreja Católica Apostólica Romana. Você é o escolhido de Deus”, afirmou Marcelino.

altOs participantes experimentaram um momento de oração íntimo com Jesus, uma rotina totalmente campista, que os envolveu através de dinâmicas em grupo, além de animações, oração, pregações, partilhas, apresentação musical e teatral e a Santa Missa. Foi uma experiência singular para a juventude que tinha alma sedenta de vivenciar o amor de Deus. Alguns jovens puderam compartilhar suas vivências na hora dos testemunhos.

O jovem Taylon Lopes, que estava à frente da caravana do município de Novo Airão (cerca 195 km de Manaus), participante do Grupo de Oração Jesus Libertador, destacou que não foi fácil o caminho percorrido, viajaram por 3 horas e meia, fizeram vendas para que os jovens do Grupo estivessem presentes no acampamento. “Viemos com vinte Jovens para aprender mais sobre a palavra Deus, e levar o fogo do Espírito Santo para os jovens que ficaram. Fizemos bingo, vendas de churrasco para pagar nossas inscrições e todos colaboraram, todos lutam para estar aqui nesse retiro e está valendo a pena”, partilhou Taylon.

O acampamento foi encerrado com a Santa Missa, celebrada pelo Padre Emerson Nascimento da Área Missionária São João XXIII. “Celebrar a assunção de Nossa Senhora é poder dizer eu também tenho essa possibilidade de experimentar as maravilhas do céu, eu também posso ir para o céu, eu também posso me abrir a essa realidade do ‘alto’, porque o nosso socorro vem de lá, precisamos buscar as coisas do alto. A assunção da virgem Maria é uma abertura para nós a uma realidade totalmente diferente que podemos viver. Que o Espírito Santo nos conduza e nos faça homens e mulheres que experimentaram a graça e agora querem levar para outros, assim como Maria”, afirmou o sacerdote.

Segundo Jayrison Silva, integrante da Comissão de Organização as expectativas do acampamento foram surpreendentes. “O acampamento não está finalizando e sim apenas começando, tudo aquilo que os jovens viveram nesse lugar é um princípio para aquilo que vão viver lá fora, de resistir verdadeiramente ao pecado. Resistir ao pecado na faculdade, dentro de casa, com a família e em outros âmbitos. E as expectativas foram poucas, pois, o Senhor nos surpreendeu, Ele fez muito melhor do que nós sonhamos”, afirmou Jayrison.

Fonte: Ministério de Comunicação Social – Amazonas

 


Leia mais sobre Eventos Estaduais