Dom José Aparecido enfatiza a necessidade dos leigos em levar a Palavra

alt
A terceira Missa do Encontro Nacional de Formação de Coordenadores e Ministérios da Renovação Carismática Católica foi presidida por Dom José Aparecido, bispo auxiliar de Brasília. Concelebrada por Dom Alberto Taveira, assessor eclesiástico da RCCBRASIL e Dom Derek John Christopher Byrne, bispo de Primavera do Leste-Paratininga (MT), a celebração aconteceu na noite desta quinta (26), no Centro de Evangelização da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP).
 
O bispo enfatizou em sua homilia a festa de São Timóteo e São Tito, celebrada nesse dia. Ele falou sobre a importância dos santos para a formação e a necessidade de levar a Palavra. “Os santos nos inspiram a ser formados e a formar missionários, a estender a formação. Receber tantos momentos de oração como dom de Deus nos prepara para levar a Palavra”, ressaltou.
 
Dom José falou também sobre a ação do Espírito Santo em nossas vidas e da liberdade que o Senhor tem para abrir a porta do nosso coração. “É necessário conhecer e amar o Espírito Santo que nos transforma. Jesus bate a porta do nosso coração e Ele entra”, disse.
 
Em seguida, o bispo auxiliar de Brasília exortou sobre a importância da Palavra de Deus. Ele disse que ela dá encorajamento a todos os leigos do Brasil. “A Palavra é alguém e seu nome é Jesus”, afirmou. Logo após, ele continuou exortando que temos que orientar nossa vida para uma felicidade que é eterna.
No encerramento da homilia, Dom José Aparecido frisou a necessidade de falarmos o que vivemos. “Precisamos dar testemunho de que o Evangelho não só transforma nosso coração, mas nos transforma em adoradores em espírito e em verdade. Que como Jesus, aquilo que falamos retrate aquilo que vivemos. Que Nossa Senhora nos acompanhe para que nossa vida seja de filhos amorosos de Deus”, evidenciou.
 
Após os agradecimentos, o presidente da celebração explicou que a Igreja está insistindo muito em formar leigos, leigas e a Renovação Carismática Católica. Ela está dando uma resposta positiva a esse chamado. Por fim, ele celebrou o fato do ENF contar com mais de treze mil pessoas nesse ano.


Leia mais sobre Eventos nacionais