Testemunho: “O Grupo de Oração é onde me sinto a melhor pessoa do mundo”

altA farmacêutica Renata Crispim mora em Goianésia/GO. Ela foi convidada a participar de um Grupo de Oração no momento em que mais precisava. Havia sofrido uma grande decepção e acabou por se deixar levar pela tristeza. Foi então que, por meio do Grupo São José, passou a fazer parte da RCC, recebeu a alegria que vem de Deus e teve a vida completamente transformada pela ação do Espírito Santo.

“Naquela noite, aconteceu algo que eu jamais havia sentido. Fui realmente tocada e eu sentia muito forte a presença de Jesus Cristo me dando as mãos com toda a força. Lágrimas corriam em minha face sem cessar e quando, de repente, uma mão de um irmão tocou minha cabeça, eu tinha somente uma imagem: a de uma família linda, José, Maria e Jesus, realmente a Sagrada Família, a qual, através daquele irmão, me estendeu a sua mão fazendo com que a dor que eu carregava em meu coração amenizasse”, relata.

Renata conta que com o tempo e sua perseverança no Grupo, toda a angústia e solidão foram se extinguindo. O Grupo era, de fato, o lugar onde ela se sentia a melhor pessoa do mundo, acolhida e amada. “As amizades iam se formando, os sinais da presença de Deus em minha vida se tornavam tão reais a ponto de fazer com que as pessoas que conviviam comigo percebessem que eu já não era mais a mesma”, relembra.

Segundo ela, os convites para participar de eventos na Igreja foram aumentando e ela se doava verdadeiramente ao serviço do Senhor. “Fui levando a Palavra àqueles que mais necessitavam, ofertando meu sorriso àqueles que mais estavam carentes e aprendendo a rezar o terço, o qual, hoje, não sei ficar um dia sequer sem ele”, acrescenta.

Atualmente, Renata se propõe a fazer pelas pessoas tudo que um dia Jesus fez por ela. “Rezo para que eu possa através do Grupo de Oração São José ser canal da palavra de Deus e abraçar estas pessoas que necessitam do amor de Cristo em suas vidas. Gostaria de contribuir espalhando esta sementinha que germinou em mim em outros terrenos, regando, evangelizando pessoas, que infelizmente ainda não perceberam a luz que ilumina nosso caminho, mesmo em dias nublados”, diz.

E ela resume: “Nem ouro, nem prata seriam capazes de retribuir tudo o que Deus fez em mim por meio desse Grupo. Quero ser um exemplo onde quer que eu esteja, testemunhando as maravilhas que Deus faz em minha vida.  As adversidades surgem em nossos caminhos; muitas vezes também temos defeitos, aflições, anseios, limitações, dificuldades, falhamos em alguns momentos, mas a vontade de aprender e vencer supera todos os obstáculos quando temos um coração perseverante”, testemunha.


Leia mais sobre Grupo de Oração