Segunda etapa do Projeto Kareebi leva crianças para escola

Depois de quase 18 meses de missão no país de Uganda, parte do sonho da RCC do Brasil iniciado pelas missionárias, Rita de Cássia e Fabiany de Souza, começa a se realizar. As 50 crianças ugandeses visitadas há quatro meses pelas nossas missionárias já estão matriculadas nas escolas e com material escolar em mãos.

O momento da matrícula e da entrega do material foi muito esperado pelas crianças e seus pais, que ainda pareciam não acreditar no que presenciavam: “Estavam todos nos esperando na paróquia, pais e crianças, conforme havíamos combinado com o pároco local. Não estavam sentados em cadeiras ou aguardando em uma sala confortável de espera. Estavam ali, sentados no chão mesmo, em volta do lugar que foi possível organizar para atendê-los. Que alegria vê-los outra vez! Ficamos sabendo que não estavam acreditando que era verdade que seus filhos seriam ajudados e que chegaram a pensar que talvez nós não fôssemos voltar mais”, relatam as missionárias.

Durante a partilha com os pais das crianças, as missionárias pediram compromisso com seus filhos na escola e disseram que a ajuda não foi provida por elas, mas por padrinhos e madrinhas que se sentiram tocados através de uma campanha realizada pela Renovação Carismática Católica do Brasil.
Elas passaram por quatro escolas orientando os pais, fazendo a matrícula das crianças e entregando parte do material necessário para este início das aulas, para que pudessem iniciar os estudos o mais rápido possível.

Tocadas pela felicidade estampada no rosto de cada um, as meninas aproveitaram o momento da entrega para evangelizar os pais: “Tudo isso foi possível porque Deus os ama. E porque Ele os ama, somos capazes de amar as vossas crianças”.

Em retribuição, os familiares agradeceram a todos os padrinhos e madrinhas, pelo amor expressado em atos às suas crianças.

A felicidade em poder ver o projeto se concretizar já pode alcançar os padrinhos e madrinhas no Brasil que acompanham a página oficial da Missão África no Facebook. A pedagoga de 28 anos, da cidade de Sorocaba/SP, Juliana Lima é uma delas:

“Ao ver o Projeto Kareebi na segunda etapa o sentimento que tenho é de profunda alegria. Primeiro por ver o quão grande é a ação do Espírito Santo que vem agir em nosso meio realizando os sonhos do coração de Deus. Segundo, por poder colaborar e pelos irmãos e irmãs que possuem o coração tão dócil ao mover dEle dando-o liberdade e levando em frente este convite mais do que especial de apadrinhar uma criança. Mesmo com suas dificuldades, não se calaram e não abafaram a voz de Espírito Santo. E em terceiro lugar, o quanto o pouco pode ser muito na vida destas crianças! O Senhor com certeza está muito feliz ao contemplar tudo aquilo que Ele tem sonhado se realizando, não só lá na África, mas também aqui na nossa realidade. Isso é apenas o começo de um lindo projeto, porque nós podemos ir além divulgando em nossas Paróquias, Comunidades, universidades... para que mais crianças possam desfrutar deste direito. Eu, que sou professora, imagino a felicidade destes pais ao poderem ver esta graça chegando para seus filhos. Uma graça que talvez eles pensassem que não viveriam e estes pequenos sejam um dos primeiros passos de suas trajetórias. Que sejam pessoas guerreiras e nunca desistam de seus sonhos. Eu os amo!”.

Acompanhe os projetos na Uganda por meio da página da Missão África no Facebook e o blog oficial da Missão.

 


Leia mais sobre Missão Uganda