Missões da Ilha do Marajó, sendo ajuda a quem precisa

altEvangelizar vai além de usar dos discursos e palavras, mas sim, usar a própria vida, o tempo que se tem e os talentos, a fim de tornar o Senhor conhecido e amado. Em regiões marajoaras, a Renovação Carismática Católica encontrou um dos seus campos de missão. Nessa terra, o chamado de Deus para o movimento é ir e olhar para os que mais necessitam de ajuda. Desde 2008, a RCCBRASIL assumiu o compromisso de enfrentar os desafios e realizar o chamado do Senhor em Breves (PA).

Após seis anos de missão, são variadas as atividades missionárias desenvolvidas na cidade. Entre elas, estão as celebrações da Santa Missa, oração comunitária, missão junto às comunidades ribeirinhas (que antes disso recebia a presença de Jesus Eucarístico apenas 1 vez no ano, quando o sacerdote iria para celebrar a Santa Missa), visitas às famílias, celebrações nas comunidades, formação e auxílio para grupos de oração local. A missão vai além da casa, fazendo com que muitas vezes seja necessário colaborar com as paróquias, grupos e pastorais da cidade.  Porém, a necessidade dessa região, não é apenas espiritual.

O Projeto Anjo da Guarda atende 53 famílias de paróquias da cidade, oferecendo sopão, lanche e atividades para crianças; também os pais, das mais de 150 crianças atendidas, recebem formação humana. O projeto Anjo Artes oferece atividades de artesanatos, visando uma oportunidade de renda para adolescentes, jovens e mães do Projeto Anjo da Guarda. Os missionários da RCC também administram a rádio Santana, veículo que evangeliza e alcança mais de 5 mil ouvintes na região. Entre o conteúdo da programação, a rádio conta com muita oração e direção espiritual diariamente.

Segundo o coordenador da casa de missão, Beto Bernardi, a maior dificuldade dos missionários é de se adaptarem às difíceis realidades da região. “Os maiores desafios são especialmente no início quanto à adaptação dos novos missionários que chegam com pouca informação sobre o local, não compreendem o tamanho do desafio junto a miséria de algumas comunidades de periferia”, comenta.

“A missão faz parte da ‘gramática’ da fé, é algo imprescindível para quem escuta a voz do Espírito que sussurra vem e vai”, a frase do Papa Francisco gera nos corações o desejo ardente de responder ao chamado de Deus, e assim, a RCC entende que a missão é essencial para a fé. Não há como gastar-se na evangelização, sem antes fazer a experiência de assumir o sofrimento do outro e ser a ajuda para quem mais precisa.

O município de Breves

Cercado por rios, Breves (PA) é o principal município da Ilha do Marajó e possui quase cem mil habitantes. A economia local tem como principal atividade o extrativismo, principalmente de açaí e palmito.  Mas a cidade enfrenta grandes dificuldades na área econômica, que reflete em outras áreas, como a educação. Com grandes áreas de periferias, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é muito baixo, se comparado com outras cidades do país, e o difícil acesso às comunidades ribeirinhas, torna tudo ainda mais difícil. O nível de analfabetismo ainda é alto.

Durante o tempo em que está presente na região, a missão da RCCBRASIL tem contribuído em vários aspectos com a população presente na Ilha. “São muitos os frutos colhidos”, diz Beto. Dentre esses frutos, qualidade na educação escolar, geração de empregos, formação nas comunidades ribeirinhas, evangelização e novos grupos de oração. Em 7 anos, muito já foi feito e muitas outras coisas ainda precisam ser realizadas.

Seja um missionário você também!

São centenas de pessoas beneficiadas, com a oportunidade de terem suas vidas mudadas. Se você também deseja colaborar com o projeto Nossa Vida em Missão e manter as atividades missionárias da Ilha do Marajó entre em contato pelo telefone (12) 3151-4155 ou pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .


Leia mais sobre Missões